1% da venda bruta de chope na Oktoberfest irá para fundo de ações sobre drogas

Novidade foi anunciada em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira

1% da venda bruta de chope na Oktoberfest irá para fundo de ações sobre drogas

Novidade foi anunciada em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira

Julia Schaefer

A partir da 35ª Oktoberfest, 1% da venda bruta de chope será destinada ao Fundo de Recursos Municipais para Ações sobre Drogas (Fremad). De acordo com o diretor financeiro do Parque Vila Germânica, Guilherme Benno Guenther, a expectativa da organização é arrecadar em 2018 cerca de R$ 15 milhões em chope. Esse valor representaria fatia de R$ 150 mil para o Fremad.

O dinheiro arrecadado será utilizado por ações a serem definidas pelo Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Comen).

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, sustenta a linha de que a cidade é a Capital Brasileira da Cerveja, mas que a Oktoberfest também passará a ter papel na conscientização.

“O objetivo é que a Oktoberfest tenha também sua responsabilidade social fortalecida nesse processo, porque as ações já acontecem durante a festa, a exemplo da Vila Segura”, acrescenta.

Sobras dos cartões magnéticos

Na manhã desta segunda-feira, dia 11, a prefeitura informou em coletiva de imprensa que a Oktoberfest não terá mais tíquetes de chope e alimentação físicos. Os foliões terão cartões magnéticos, como os utilizados no Festival Brasileiro da Cerveja.

Neste caso, quando sobrar dinheiro no cartão e a pessoa optar por não pedir a devolução, essa sobra também será destinada ao Fremad.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio