César Wolff

César Wolff é advogado e professor da Furb. Foi presidente da subseção Blumenau da Ordem dos Advogados do Brasil entre 2010 e 2015.

“A OAB é exemplo de engajamento e participação de seus filiados”

Colunista comenta eleições na Ordem dos Advogados do Brasil em Blumenau e Santa Catarina

César Wolff

César Wolff é advogado e professor da Furb. Foi presidente da subseção Blumenau da Ordem dos Advogados do Brasil entre 2010 e 2015.

“A OAB é exemplo de engajamento e participação de seus filiados”

Colunista comenta eleições na Ordem dos Advogados do Brasil em Blumenau e Santa Catarina

César Wolff

Eleições na Ordem dos Advogados do Brasil

Nesta segunda quinzena de novembro, 27 seccionais disputam eleições nas unidades federativas do país, envolvendo pouco mais de 1 milhão de advogados. Em Santa Catarina, a situação elegeu o advogado Rafael Horn, com 50,3% dos votos válidos, contra o candidato da oposição, o advogado Hélio Brasil, que recebeu 49,7%, apenas 139 votos atrás do primeiro colocado.

Dos grandes colégios eleitorais, como Florianópolis, Joinville, Criciúma e Chapecó, Blumenau foi o único que a oposição estadual teve maior quantidade de votos.

A Subseção de Blumenau, que congrega também advogados de Pomerode, elegeu a atual vice-presidente Maria Teresinha Erbs (653 votos) para presidente nos próximos três anos.

Assim como no pleito passado, três chapas disputaram o pleito local, envolvendo próximo a 200 advogados como candidatos locais. Aurélio Miguel Bowens da Silva (605 votos) e Adriane Gratsch Thiem (493 votos) alcançaram, respectivamente, a segunda e terceira classificação, numa disputa equilibrada entre todas as três correntes.

Em fevereiro do próximo ano, os eleitos para o Conselho Federal votarão no próximo presidente do Conselho Federal, de forma indireta.

Em pouco mais de um mês de campanha efetiva, as candidaturas debateram não só questões ligadas à classe dos advogados, mas o próprio aperfeiçoamento da entidade e do sistema de justiça. Pela grande mobilização, é preciso reconhecer que a OAB é responsável por importante prática democrática nos sistema político do país.

Seguramente, dentre as entidades da sociedade civil organizada, inclusive em comparação às disputas internas dos partidos políticos, a OAB se reafirma como exemplo de engajamento e participação de seus filiados. Participação essa que revela uma saudável e admirável politização da classe, atenta aos desígnios da justiça e ao destino do próprio Brasil.

* O colunista participou das eleições da OAB estadual como candidato a tesoureiro da Chapa 82

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo