Adolescente é detido após esfaquear padrasto, na Velha

Outros dois casos de violência doméstica foram registrados nesta terça-feira

Adolescente é detido após esfaquear padrasto, na Velha

Outros dois casos de violência doméstica foram registrados nesta terça-feira

Redação

Três ocorrências de violência doméstica foram atendidas pela Polícia Militar entre a tarde desta terça-feira, 7, e a madrugada de quarta. O caso mais grave ocorreu 20 minutos após a meia noite, na rua Leopoldo Voigt, bairro Velha.

A Polícia Militar apreendeu um adolescente de 17 anos que havia golpeado o padrasto a facadas. Ele alegou que estaria tentando proteger a mãe durante uma discussão que ele acreditava poder evoluir para uma agressão.

Ele ainda tinha sangue nas mãos quando a PM chegou no local. A faca utilizada para o crime estava próxima dele. A vítima estava deitada e com o corpo coberto de sangue. A companheira dele, mãe do adolescente, estava ao lado dele, tentando ajudá-lo.

O homem foi encaminhado ao Hospital Santo Antônio por uma ambulância do Samu. Já o adolescente foi encaminhado à Central de Polícia juntamente com a mãe, testemunha da agressão.

Lei Maria da Penha

Os outros dois casos envolveram agressões de maridos contra as respectivas esposas. A primeira delas foi registrada por volta das 15h, na rua Eugênia Wagner, no bairro da Glória.

Uma mulher de 42 anos acionou a Polícia Militar após ser empurrada pelo parceiro, de 34, durante uma discussão. Ao cair no chão, ela lesionou o ombro direito.

Pouco antes das 21h, a Polícia Militar foi até a rua Henrique Mette, no bairro Itoupavazinha. Uma jovem de 26 anos acionou a polícia após ser agredida pelo marido.

Segundo a vítima, ela estava na casa de amigos quando ele a atacou com uma cabeçada no nariz e empurrões.

Os dois homens foram presos e encaminhados à Central de Polícia.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo