A primeira noite de Oktoberfest marcou também o começo de mudanças importantes na festa, como a implantação do sistema de pagamento com cartão, o Oktober Karte, em substituição aos tradicionais tickets de papel. Quem chegou cedo conseguiu adquirir a novidade sem grandes problemas, mas conforme o público aumentava, as filas ficavam mais demoradas.

Letícia da Silva, empresária, chegou na Vila Germânica nesta quarta-feira, 3, com o cartão na mão, pois o comprou antecipadamente pela internet. Os amigos dela não tiveram a mesma ideia e enfrentaram a espera. Nessa quarta-feira, quase 21,5 mil pessoas passaram pela Vila.

“O que estava gerando fila era isso: as pessoas tinham que ficar preenchendo um cadastro… Deveria ter alguém na fila explicando para o público. Porque a pessoa chega no caixa e já sabe o que tem que fazer. Mas não, para cada um que chegava o funcionário tinha que explicar tudo o que tinha dito para várias pessoas”, observou Letícia.

Na primeira noite de festa, como ocorre nos dias de semana, havia 90 caixas disponíveis. Nos dias de maior movimento, como sextas-feiras, finais de semana e feriado, serão 140 dentro dos pavilhões, explica o diretor administrativo-financeiro da Vila Germânica, Guilherme Guenther.

Para evitar que o transtorno se repita, a organização providenciou já para a noite desta quinta-feira, dia 4, incremento de 30% no número dos caixas.

“Entendemos que essa é uma situação esperada. Todos, festa e público, estão passando por um período de adaptação. Mas ontem mesmo já começamos a tomar as providencias para diminuir e dar fluidez às filas”, afirma Guenther.

Além disso, quem adquirir o Oktober Karte antecipadamente pela internet poderá retirá-lo  nas bilheterias localizadas em frente ao Ginásio Galegão. Haverá também atendimento exclusivo para retirada dos cartões no caixa em frente ao setor 3, embora essa retirada ainda possa ocorrer em qualquer um dos caixas da festa.

Se o dinheiro no cartão acabar e os foliões quiserem recarregar, há, além dos caixas, nove totens para carregamento espalhados ao longo dos setores.

A organização da Oktoberfest Blumenau 2018 aumentará também o número de funcionários nos pontos de atendimento no Shopping Neumarkt. O ponto operará com dois atendentes durante a semana e com três nos finais de semana.

“Com os ajustes operacionais que serão implementados já a partir desta quinta-feira, a Oktoberfest Blumenau proporcionará cada vez mais uma melhor experiência para o visitante”, acredita o diretor.

O sistema foi testado na Sommerfest e no Festival Brasileiro da Cerveja 2018. Houve um problema no sábado de festival, o que fez a Vila Germânica exigir dos fornecedores da Oktoberfest uma espécie de Plano B, em caso de pane.

Público da festa

As 21.481 pessoas que passaram pela Vila Germânica consumiram 44.227 copos de chope e 10.771 itens gastronômicos, entre lanches e pratos. O consumo de alimentação foi um pouco maior que o consumo do primeiro dia da festa de 2017, representando um crescimento de 28% do ticket unitário de alimentação.

Em 2017, o primeiro dia de festa registrou um público de 27.187 pessoas, 55.647 copos de chope consumidos e 10.752 itens de gastronomia.

Segundo a organização, a Oktoberfest passa a ser um dos 10 maiores eventos cashless (sem uso de dinheiro) do mundo.

O sistema foi testado na Sommerfest e no Festival Brasileiro da Cerveja 2018. Houve um problema no sábado de festival, o que fez a Vila Germânica exigir dos fornecedores da Oktoberfest uma espécie de Plano B, em caso de pane.

Deixe uma resposta