Blumenau chega a 47% da cidade com tratamento de esgoto

Número representa quase o dobro de Santa Catarina, onde 26,1% das casas possuem sistema de coleta

Blumenau chega a 47% da cidade com tratamento de esgoto

Número representa quase o dobro de Santa Catarina, onde 26,1% das casas possuem sistema de coleta

Jotaan Silva

Blumenau chegou a 47% da cidade com esgoto tratado em abril deste ano. O aumento é de 43% em 12 anos, desde que a BRK Ambiental assinou o contrato de concessão para realizar o saneamento básico do município até 2055. Na época, em 2010, apenas 4% das residências no município possuía coleta de esgoto.

O prazo para alcançar os 100% está sendo revisado pela empresa e por isso atualmente não há uma expectativa de quando isso poderá ocorrer. Vale lembrar que o novo Marco do Saneamento no Brasil decreta que até 2033, todas as cidades do país precisam concluir a operação.

“Temos um cronograma, mas todos os anos a gente faz a revisão, que é o que estamos fazendo neste momento. Mas o trabalho continua, as obras continuam. Sobre prazo, não temos agora, mas conhecemos o novo marco e temos o nosso contrato. Seguimos trabalhando”, explica o gerente operacional da BRK Ambiental, Francisco Werner.

Estação de Tratamento na Fortaleza. Foto: Jotaan Silva/O Município Blumenau

Em Blumenau, são duas Estações de Tratamento de Esgoto, uma no Garcia e outra na Fortaleza. Todo o esgoto recolhido no município é encaminhado para estes centros, onde é realizado o tratamento e o encaminhamento da água limpa para o rio Itajaí-Açu. Estima-se que atualmente, cerca de 20 milhões de litros de esgoto sejam coletados e tratados por dia em Blumenau.

As obras de implantação da rede de esgoto, que iniciaram pela região central, atualmente estão sendo executadas em três bairros da cidade: Glória, Itoupava Norte e Velha Central. Segundo o gerente operacional da BRK, a expectativa é que os serviços sejam concluídos até o fim de maio ou início de junho nos dois primeiros bairros citados, para na sequência iniciar a implantação na região do bairro Escola Agrícola.

BRK Ambiental/Divulgação

Santa Catarina e Brasil

Os números atuais em Blumenau representam quase o dobro que Santa Catarina. Segundo dados do Painel do Saneamento, apenas 26,1% dos catarinenses tinham acesso à coleta de esgoto até o fim de 2020 – data do último estudo divulgado pelo Instituto Trata Brasil.

Em comparação ao Brasil, o número de Blumenau é inferior. Até 2020, 55% das residências no país possuíam coleta e tratamento de esgoto. O número é alavancado pelos dados do Sudeste, com 80,5%. A região Norte é a com o menor índice – 13,1%.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo