Blumenau investe em desapropriações para expandir Parque Vila Germânica

Galpão sede da Expofair está abandonado há cerca de uma década e será integrado ao espaço

Blumenau investe em desapropriações para expandir Parque Vila Germânica

Galpão sede da Expofair está abandonado há cerca de uma década e será integrado ao espaço

Alice Kienen

Pensando nas expansões necessárias para o futuro do turismo blumenauense, a Prefeitura de Blumenau está investindo em desapropriações no entorno do Parque Vila Germânica. Um dos imóveis que será integrado ao parque é o galpão abandonado que abrigava a Expofair.

Abandonado há cerca de uma década, o prédio de quase 3 mil metros quadrados fica na rua João Pessoa, entre as vias Itapiranga e dr. Artur Balsini. Ao lado dele, inclusive, há um prédio que começou a ser construído e está com a estrutura abandonada.

“Esse prédio nunca poderia ter sido autorizado. Não quero que os próximos tenham o mesmo problema que eu na expansão. A Vila não se preparou para esse futuro, mas estamos fazendo isso agora”, reforça Marcelo Greuel, secretário de Turismo e presidente da Vila Germânica.

Google Street View/Reprodução,

Utilizado como centro de eventos, a Secretaria de Turismo chegou a sondar a possibilidade de aproveitar o galpão para o Centro de Convenções em 2019. Entretanto, a Prefeitura de Blumenau decidiu ocupar o terreno atrás do setor 3 do Parque.

Apesar de já saber qual será o fim do imóvel, Marcelo prefere manter o projeto em segredo até ele se tornar oficial. A prioridade é tornar o Parque Vila Germânica um polo turístico ainda maior do que atualmente.

“Em novembro já devemos ter uma posição definitiva do governo do estado sobre o centro de convenções. Ainda na próxima semana esperamos interessados para o mercado público, mas construiremos mesmo sem eles. Temos também o museu embaixo do Galegão, uma série de obras que já são realidade”, aponta.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo