Blumenau recebe central de monitoramento para segurança de motoristas de aplicativo

Adesão à ferramenta é gratuita e o principal objetivo é deixar os profissionais mais seguros para exercerem as atividades

Blumenau recebe central de monitoramento para segurança de motoristas de aplicativo

Adesão à ferramenta é gratuita e o principal objetivo é deixar os profissionais mais seguros para exercerem as atividades

Redação

Bárbara Sales e Bianca Bertoli

Nesta segunda-feira, 19, um motorista de aplicativo de Blumenau recebeu um tiro de um cliente que se recusou a pagar a corrida. Em junho, outro foi vítima de assalto à mão armada. São situações como estas que resultaram na criação de uma central de monitoramento exclusiva para os condutores que prestam este tipo de serviço.

O dono da ideia, Ericson Grokskreutz, é de Brusque. Ele, motorista de aplicativo há dois anos, explica que a adesão à central é gratuita e o principal objetivo é deixar os profissionais mais seguros para exercerem as atividades.

A central funciona por meio de aplicativos já disponíveis no mercado. Primeiro, o motorista precisa provar que é cadastrado em algum aplicativo de transporte como Uber, 99, Cabify, Garupa, entre outros. Feita a prova, o profissional precisa baixar o aplicativo Zello, que é gratuito, e transforma o celular em um walkie-talkie.

“É como um rádio HT, o celular fica no painel do carro e a comunicação é via viva voz, os passageiros podem ouvir a conversa. Usamos o código da polícia para nos comunicar. O motorista nos passa onde está e para onde vai”, explica.

Após fazer o download do aplicativo, o motorista faz parte do canal da central de monitoramento aberto dentro do aplicativo, o Drivers Maseratti Santa Catarina. Depois, é necessário baixar o aplicativo Drive Social, que faz o rastreamento, por meio do compartilhamento da localização, em tempo real.

“Temos um código de alerta que acionamos caso o motorista se sinta sob risco. Ele vai acionar o sistema para que possa entrar em ação e deslocar parceiros que estejam próximos ou acionar as autoridades”, ressalta.

Motoristas mais seguros em Blumenau

“Atualmente, a maioria dos motoristas cadastrados são de Blumenau, por conta da insegurança que se instalou na região”, lamenta Grokskreutz

Já são cerca de 160 motoristas cadastrados em todo o Vale do Itajaí. Destes, 80 participam ativamente. Grokskreutz é o criador e presidente do Drivers Maseratti Santa Catarina. Ao lado dele, atuam Ribamar Rosa, que é o diretor-geral e mora em Blumenau, e Rosimar dos Santos, gerente operacional, que é de Itajaí.

“Quem quiser participar, entra em contato e o cadastro é feito sem custo nenhum. Cobramos apenas o adesivo para a identificação do veículo”, detalha o presidente.

Adesivo de identificação dos motoristas que utilizam a central de monitoramento | Foto: Divulgação

Rosa conta que o aplicativo vai além da sensação de segurança. O propósito é criar uma rede de amizade também. Pelo “walkie-talkie” eles podem pedir ajuda quando o carro estraga, quando querem companhia para um café ou quando precisam de apoio diante de uma atitude suspeita.

“Teve um motorista que buscou três rapazes na rua Botuverá, no bairro Itoupavazinha e quando eles ouviram o motorista avisando sobre a corrida pelo celular, perguntaram do que se tratava. O cara explicou e eles pediram para cancelar a corrida. Talvez tivessem a intenção de assaltar ou buscar drogas, mas com o carro rastreado mudaram de ideia”,  conta Rosa, que trabalha com a Uber há cerca de três anos.

A intenção é tanta de estabelecer uma parceria entre os profissionais que eles já organizam o segundo almoço da central. Os participantes se reunião em Gaspar para que possam se conhecerem pessoalmente e estreitar a relação.

Rosa ressalta que o grupo não tem como impedir que um crime aconteça, mas acredita que o acompanhamento e comunicação em tempo real amenizam as ocorrências. Em Blumenau, o sistema funciona há cerca de quatro meses.

“É bom para o passageiro também. Porque ele ouve o motorista dizendo onde está e para onde vai, com a certeza de que o carro está sendo monitorado”, defende Rosa.

Como fazer parte da central

Quem quiser saber mais sobre a central Drivers Maseratti Santa Catarina pode entrar em contato pelos telefones: (47) 9 9904-5749 ou (41) 9 9692-0882. Também é possível entrar no grupo de WhatsApp da central pelo link https://bit.ly/2ZenTq8 e no canal direto da central no aplicativo Zello: https://bit.ly/31QgM9a

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo