Câmara de Blumenau aprova moção de repúdio contra evento escolar

Motivo é a inclusão de discussões sobre diversidade de gênero

Câmara de Blumenau aprova moção de repúdio contra evento escolar

Motivo é a inclusão de discussões sobre diversidade de gênero

Redação

A Câmara de Vereadores de Blumenau aprovou nesta terça-feira moção de repúdio a um evento que será realizado na Escola Estadual Professora Elza Pacheco no dia 14 de novembro. Trata-se do ciclo de palestras que encerra o Festival de Cinema Elza Pacheco, 2017. Na ocasião, estão previstas palestras sobre diversidade religiosa, cultura afro-brasileira, cultura do Oriente Médio e cultura indígena. Mas o que causou a revolta dos vereadores foi a inclusão do tema “diversidade de gênero”.

Os organizadores criticaram a decisão. Segundo ele, os próprios alunos escolheram a temática desta edição.

Para o vereador Marcos da Rosa (DEM), autor da moção, “o tema, que não tem amparo científico, e que foi rejeitado em nosso país, não deve ser introduzido de forma velada no ambiente escolar por ativistas ideológicos de gênero, contrariando e desrespeitando o Poder Legislativo brasileiro”. O parlamentar pediu o cancelamento do evento.

Três vereadores foram contrários: Bruno Cunha (PSB), Ito de Souza (PR) e Professor Gilson (PSD). Adriano Pereira (PT) absteve-se. Os demais decidiram repudiar o evento.

Outro evento, mesma moção

Moção de texto idêntico proposta pelo vereador Marcos da Rosa repudia o evento “Diversidade de Gênero e Sexualidade: O papel da família, da sociedade e da escola”, que será realizado no GPE Educacional, conhecido como Pontinho Estudantil, na Ponta Aguda.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio