Câmara de Vereadores dá nome de Bianca Wachholz a uma praça de Blumenau

Mulher morta pelo ex-namorado em 2018 também será lembrada no Dia de Luta Contra o Feminicídio

Câmara de Vereadores dá nome de Bianca Wachholz a uma praça de Blumenau

Mulher morta pelo ex-namorado em 2018 também será lembrada no Dia de Luta Contra o Feminicídio

Redação

A Câmara de Vereadores de Blumenau aprovou dois projetos de lei nesta terça-feira, 14, que lembram a memória de Bianca Wachholz, a designer morta pelo ex-namorado em julho de 2018.

Um deles dá o nome dela a uma praça do bairro Itoupava Central, próxima da casa onde Bianca vivia com os pais. O outro cria o Dia de Luta Contra o Feminicídio Bianca Wachholz.

Ambos os projetos são de autoria do vereador Bruno Cunha (PSB) e foram aprovados em segunda votação. Eles ainda passarão pela redação final antes de seguir para sanção do prefeito Mário Hildebrandt e então virarem lei.

Na praça, Cunha espera que sejam promovidos eventos e atividades alusivas ao combate à violência contra a mulher. Ela fica na rua rua Christian Wilhelm Staack, esquina com a rua Guilherme Scharf.

Google Street View/Reprodução

Já na data de 25 de julho, dia em que Bianca foi morta, a ideia é estimular a discussão sobre o tema.

Processo judicial

Éverton Balbinott de Souza, o homem que matou Bianca com um tiro no rosto dentro da casa da mãe dela, está preso desde o crime. Ele é acusado pelo Ministério Público de feminicídio com três qualificadoras: motivo torpe, dificuldade de defesa da vítima e o crime cometido diante da mãe de Bianca.

Nesta quinta-feira, 16, o Tribunal de Justiça julgará um recurso da defesa dele contra a sentença de pronúncia que prevê o julgamento pelo tribunal do júri.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo