Camaro apreendido no litoral é a nova viatura da Polícia Militar de Balneário Camboriú

Veículo era usado por uma quadrilha e foi recuperado em fevereiro de 2013

Camaro apreendido no litoral é a nova viatura da Polícia Militar de Balneário Camboriú

Veículo era usado por uma quadrilha e foi recuperado em fevereiro de 2013

Redação

Um veículo apreendido no litoral se transformou na nova viatura do 12º Batalhão de Polícia Militar de Balneário Camboriú. O Chevrolet Camaro será usado em eventos e operações.

Durante o processo judicial envolvendo o veículo, a PM pediu que o bem fosse confiscado. Após a sentença favorável, foi feita a documentação e adequação do veículo para uso da Polícia Militar.

Relembre o caso

No dia 13 de fevereiro de 2013, durante rondas em Camboriú, a PM avistou um veículo Hyundai Sonata de Chapecó em um estacionamento. Ao consultar a placa constatou que o número do chassi era diferente do que aparecia no veículo. A PM descobriu que era um carro roubado no Rio Grande do Sul.

No momento da ocorrência, uma pessoa passou pelo local e disse que o proprietário tinha ido de carona até o bairro da Barra, em Balneário Camboriú, onde atravessaria o rio pela balsa. A PM localizou o suspeito, que afirmou que o veículo era de um amigo. A PM foi então à casa do amigo, um apartamento na Rua 4.500, e ambos foram presos.

Durante buscas no apartamento, a PM apreendeu identidades falsas, drogas, medicação de procedência duvidosa, equipamentos eletrônicos e extratos de movimentação bancária de outras pessoas, celulares e pouco mais de R$ 1 milhão em dinheiro.

Quando as guarnições saíam do local, um casal que chegava ao endereço também foi abordado. A PM descobriu que o veículo Hyundai i30 também estava com placa falsa e, após consulta, foi verificado que era um veículo roubado e o homem fazia parte da quadrilha. Assim, ele também foi preso em flagrante. Na casa dele, na rua 3.300, foram apreendidos maconha e um notebook. O Camaro amarelo estava emplacado no Paraná, porém com placas e lacre de Santa Catarina, sendo assim com indícios de adulteração.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo