Câmera mostra confusão entre policiais civis e militares na Oktoberfest

Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que caso está sendo apurado pelas duas instituições

Câmera mostra confusão entre policiais civis e militares na Oktoberfest

Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que caso está sendo apurado pelas duas instituições

Bianca Bertoli

Imagens de uma das câmeras de monitoramento da 35ª Oktoberfest gravaram a confusão que envolveu duas policiais civis e um grupo de policiais militares. No vídeo, é possível ver que duas mulheres vestidas de preto conversam com quatro policiais. Há um homem de jaqueta azul que acompanha tudo ao lado delas.

O relógio marcava 23h55 de sábado, 20, quando empurrões começaram a ser vistos. Com a movimentação, outros policiais militares aparecem. Um agente tenta colocar as mãos da mulher nas costas dela, mas ela se desvencilha. Na sequência, é levada para fora dos portões. A outra policial também sai. Assista:

As fotos do exame de corpo de delito exibem marcas nos braços das policiais, que em depoimento disseram terem sido agredidas com cassetetes, chutes e spray de pimenta.

A reportagem solicitou as imagens das câmeras acopladas às fardas dos policiais militares envolvidos. Elas registram em áudio e vídeo a relação do policial com os demais.

Especial/O Município Blumenau

A Polícia Militar de Blumenau informou que a solicitação deve ser feita à Secretaria de Estado da Segurança Pública. A Secretaria, por meio da assessoria de imprensa, disse que as imagens não serão liberadas, sendo disponibilizadas apenas ao inquérito policial.

Confusão na 35ª Oktoberfest

As policiais, que vieram da Grande Florianópolis para reforçar a equipe da Polícia Civil nos últimos três dias de Oktoberfest, registraram Boletim de Ocorrência e prestaram depoimento ao delegado que estava de plantão no sábado, 20.

No relato, elas comunicaram que acompanharam a vítima de um furto para identificar o autor do crime. Enquanto abordavam e conversavam com esse suspeito, uma guarnição da Polícia Militar que também estava de serviço no Parque Vila Germânica abordou a dupla e as agrediu, ignorando o fato de que estavam se identificando como policiais civis em serviço, armadas e com distintivo.

De acordo com o delegado regional de Blumenau, Egídio Ferrari, o BO foi encaminhado à Divisão de Investigação Criminal (DIC), que vai apurar o que aconteceu.

O comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar de Blumenau, tenente-coronel Jefferson Schmidt, disse que está ciente do caso e que repassou as informações colhidas ao comando do Estado.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que a ocorrência foi uma situação atípica e pontual e reforçou que já está sendo apurada pelas duas instituições.

Mais notícias de Blumenau

Banda alemã voXXclub diz ter sido usada ao ler mensagem pró-Bolsonaro

Preço da gasolina cai nas refinarias desde o fim de semana

Bandidos assaltam jovem em ponto de ônibus, em Blumenau

Oktoberfest ultrapassa público da última edição com mais de 592 mil

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo