Caso de malária é confirmado em Santa Catarina

Dive-SC monitora a região em que a paciente mora, em Joinville, para avaliar se há risco de contágio

Caso de malária é confirmado em Santa Catarina

Dive-SC monitora a região em que a paciente mora, em Joinville, para avaliar se há risco de contágio

Redação

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa catarina (Dive-SC) confirmou o registro de um caso de malária em Joinville. A confirmação foi divulgada nesta quarta-feira, 28.

Segundo o órgão, a paciente é uma moradora da cidade que viajou para a África e voltou com sintomas da doença.

A Dive está mapeando os locais onde a mulher esteve depois da viagem para ver se há risco de contágio. A vigilância ambiental de Joinville também visitou a região onde a família mora.

Neste ano, já foi registrado um caso confirmado de malária em Rio do Oeste, no Vale do Itajaí. A Dive agora investiga se o contágio aconteceu dentro ou fora da cidade.

A malária tem cura, mas se não for tratada a tempo pode evoluir para formas mais graves.A doença é transmitida pelo mosquito-prego.

Sintomas
Os sintomas mais comuns da malária são calafrios, febre alta (no início contínua e depois com frequência de três em três dias), dores de cabeça e musculares, taquicardia, aumento do baço e, por vezes, delírios.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo