Colégio Militar de Blumenau divulga regras para matrículas de alunos

Período de inscrições está prestes a ser aberto e vai durar, no máximo, cinco dias

Colégio Militar de Blumenau divulga regras para matrículas de alunos

Período de inscrições está prestes a ser aberto e vai durar, no máximo, cinco dias

Redação

O governo do Estado divulgou nesta segunda-feira, dia 20, regras para matrículas de alunos no Colégio Militar de Blumenau. Entre as maiores novidades está o percentual de vagas destinado a filhos de policiais e bombeiros: 60%. Nas unidades de Florianópolis e Lages, 90% das vagas são reservadas.

Confira o que foi anunciado em reunião na Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau (ADR):

– As inscrições serão feitas pela internet, em endereço a ser divulgado. Os pais receberão uma confirmação por e-mail com um número. De acordo com a diretora da instituição, Major Maccari, a lista de inscritos será divulgada no dia seguinte ao término das inscrições.

– O período de inscrições vai durar no máximo cinco dias. Famílias que não tiverem acesso à internet devem procurar o 10º Batalhão de Polícia Militar ou a Agência de Desenvolvimento Regional (Rua Braz Wanka, Vila Nova).

– Haverá duas áreas diferentes no site para inscrição: uma para filhos de PMs e bombeiros, e outra para a comunidade em geral.

– 60% das vagas serão reservadas para filhos de militares. Porém, se as vagas reservadas não forem preenchidas, mais vagas serão abertas à comunidade em geral.

– Crianças de todo o Estado poderão se inscrever para estudar no colégio. A expectativa é de que haja grande procura.

– A escolha dos alunos que ocuparão as 70 vagas será feita por sorteio, que deve ocorrer na semana que vem. O sorteio será público, e os pais poderão acompanhar.

– Aulas vão ocorrer no período vespertino.

– O ensino será gratuito. Os pais terão de comprar apenas os uniformes dos filhos. Blumenau receberá uma unidade do Colégio Feliciano Nunes Pires, que já existe em Florianópolis e Lages. Confira como eles funcionam.

– Expectativa é ter o colégio completo, com todas as séries funcionando, dentro de sete anos. O Colégio Militar terá do sexto ao nono ano do Ensino Básico, além do Ensino Médio.

– Em 2018, haverá vagas apenas para turmas de sexto ano.

Obra na escola

A parte antiga do Pedro II, no Centro, onde funcionará o Colégio Militar, será reformada. O governo estadual estima investir R$ 1 milhão nas instalações. A previsão é licitar o trabalho até a metade do ano que vem.

Julia Simão Schaeffer

O edital para a contratação de professores encerrou o período de inscrições no dia 10 de novembro. A seleção será via prova de títulos e o resultado está previsto para ser divulgado no dia 15 de dezembro.

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio