Colégio Militar será no Centro de Blumenau e vai abrir 70 vagas em 2018

Autoridades não revelaram o percentual de vagas que será destinado a filhos de policiais e bombeiros

Colégio Militar será no Centro de Blumenau e vai abrir 70 vagas em 2018

Autoridades não revelaram o percentual de vagas que será destinado a filhos de policiais e bombeiros

Julia Schaefer

O Colégio Militar de Blumenau será instalado no antigo prédio da Escola Pedro II, no Centro. Serão 70 vagas em 2018, que serão preenchidas mediante sorteio. A estrutura será administrada pela Polícia Militar. Essas informações foram reveladas em uma entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira.

A escola seguirá os padrões da unidade já estabelecida em Florianópolis. Porém, não foi divulgado o percentual de vagas que será reservado a filhos de policiais e bombeiros. Por consequência, também não se sabe quantas vagas serão ofertadas à comunidade em geral. Em Florianópolis e Lages, a reserva para filhos de policiais e bombeiros é de 90%. Se o padrão fosse aplicado aqui, seriam apenas sete vagas para a comunidade.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, a porcentagem em Blumenau deve ser diferente. A partir de amanhã reuniões definirão os detalhes do processo seletivo, que serão informados ao longo das próximas semanas.

Para o início do ano letivo de 2018 serão abertas 70 vagas para o 6º e 7º anos, 35 em cada turma. A ideia é promover um sorteio, em data a definir, para a escolha dos alunos, exatamente como ocorre na Capital. O período de inscrições deve ser o mesmo da rede estadual de ensino. A questão da contratação de professores ainda não está fechada. Há a possibilidade de serem feitas pela Secretaria de Estado da Educação, com posterior avaliação pela Polícia Militar.

Escola Tiradentes

A Escola Tiradentes fica na Rua Marechal Floriano Peixoto, 651, antiga área do Ensino Básico da Escola Pedro II, no Centro. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Educação, os pais dos alunos matriculados na Tiradentes poderão escolher entre transferi-los para a vizinha Escola Estadual Pedro II ou para a Escola Básica Municipal Prof. Júlia Strzalkowska, no início do Garcia.

O Diretor Geral do novo Colégio Militar ainda não foi definido. Entre as reformas já anunciadas está a revitalização do antigo ginásio da escola Pedro II, que será de uso compartilhado entre o Colégio Militar e alunos da Pedro II.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio