Com interdição da Humberto de Campos, ônibus serão desviados para a Almirante Tamandaré

Prefeitura decidiu que trânsito ficará fechado devido a rachaduras até segunda-feira, pelo menos

Com interdição da Humberto de Campos, ônibus serão desviados para a Almirante Tamandaré

Prefeitura decidiu que trânsito ficará fechado devido a rachaduras até segunda-feira, pelo menos

Evandro de Assis

O trânsito da rua Humberto de Campos continuará totalmente interditado até pelo menos segunda-feira, dia 5, no trecho entre o parque Vila Germânica e o terminal da Proeb. As rachaduras no asfalto próximo ao buraco onde está sendo implantada uma galeria não permitem a passagem de carros ou ônibus.

Mesmo após a liberação de uma pista para o trânsito local de veículos, os ônibus não voltarão a circular pelo trecho durante todo o período de obras. Para evitar que os ônibus continuem passando pela rua João Pessoa, atrasando os horários das linhas que precisam chegar ao terminal da Proeb, um desvio será feito para a rua Almirante Tamandaré. Segundo o vice-prefeito Mário Hildebrandt, que esteve no local na tarde desta quinta-feira, 1º, o espaço da ciclovia será adaptado para criar uma terceira pista.

Assim, os ônibus que vêm do bairro rumo ao Centro poderão seguir pela pista da direita da Almirante Tamandaré, na contramão dos demais veículos. Não há prazo para conclusão do desvio, que ainda precisa ser projetado, mas os trabalhos começam semana que vem.

“Desde o início a equipe técnica queria a interdição total da Humberto de Campos, mas nós, diante do cenário, em especial para os comerciantes, mantivemos o corredor para ônibus e veículos locais. Sabíamos da chance de interdição, e de fato a pista não suportou”, lamentou o vice-prefeito.

Conforme o prefeito Mário Hildebrandt, as equipes das empresas envolvidas começarão a trabalhar durante a noite para tentar reduzir o tempo de interdição da Humberto de Campos. A previsão inicial era que a duplicação da Humberto de Campos, com a implantação de galerias para macrodrenagem, levasse nove meses de trabalho. Segundo o vice-prefeito, ainda não é possível estimar em quanto tempo será possível antecipar a conclusão após a abertura de um terceiro turno de trabalho.

Leia também

Comerciantes da rua Humberto de Campos sentem no bolso o reflexo das obras

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio