Confira como ficam os serviços públicos em Blumenau com a greve nacional desta sexta

Sindicatos da região participarão do movimento

Confira como ficam os serviços públicos em Blumenau com a greve nacional desta sexta

Sindicatos da região participarão do movimento

Bianca Bertoli

Sindicatos espalhados pelo país organizam uma greve nacional contra a reforma da previdência para esta sexta-feira, 14. A proposta do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) tramita na Câmara dos Deputados e divide opiniões.

Em Blumenau, o Sindetranscol anunciou que participará do movimento. Com isso, os ônibus do transporte coletivo não circularão entre 3h30 e 7h. A partir das 7h o funcionamento será normalizado, mas o Seterb prevê que a regularização dos serviços, com o real cumprimento dos horários, ocorrerá por volta das 9h. Enquanto não houver ônibus, os corredores exclusivos estarão liberados para os demais automóveis (com exceção do contrafluxo da rua Dois de Setembro).

O Sindicato dos Bancários de Blumenau (SEEB) também sinalizou apoio. Em assembleia, ficou decidido que os bancos poderão abrir uma hora mais tarde, ou seja, ao meio-dia. Porém, a instituição não detalhou quais agências terão essa alteração. Marcos Tullio, da diretoria do SEEB, informou apenas que “as maiores” tardarão o atendimento.

Os serviços estaduais, como escolas e Detran, funcionarão normalmente. Alguns servidores participarão do ato em frente ao Teatro Carlos Gomes às 10h, mas isso não deve influenciar no trabalho prestado à população.

Já os servidores municipais, que estão em greve há mais de uma semana devido ao impasse na negociação salarial com a prefeitura, unirão as manifestações. Nas unidades de atenção básica de saúde, os ESFs e AGS, 13 informaram que estarão fechadas nesta sexta-feira e outras 8 com atendimento parcial. Confira as unidades:

Sem atendimento
ESF Maria Schlindwein Baumgartner I
ESF Maria Schlindwein Baumgartner II
ESF Jackson Roberto Carl
ESF Afonso Rabe
ESF Odilon de Caetano
ESF Otto Bartsch Neto
ESF Edemar Winckler
ESF Ângelo de Caetano I e II
ESF Lothar Franz
ESF Germano Puff
ESF Frederico Jensen
ESF Adelina Manoel Silva Brueckheimer
ESF Walter Reiter

Com atendimento parcial
ESF Dr. Wilson Gomes Santhiago
ESF Gustavo Haase
ESF Marli Helena Batschauer
ESF Glodoaldo Lino de Amorim I
ESF Glodoaldo Lino de Amorim II
ESF Armando Odebrecht I
ESF Armando Odebrecht II
Ambulatório Geral da Fortaleza

Já na Secretaria de Educação, das 123 unidades educacionais, 85 permanecem com o atendimento normalizado, 30 com atendimento parcial e sete unidades estarão fechadas. A orientação da Secretaria de Educação (Semed) é para que as famílias estejam atentas aos avisos na agenda escolar e que entrem em contato com a direção das escolas ou CEIs para obter informações sobre o funcionamento.

Sem atendimento
EBM Annemarie Techentin
CEI Anilda Batista Schmitt
CEI Arno Bernardes
CEI Frei Odorico Durieux
CEI Hilca Piazera Schnaider
CEI Luiz Vargas
CEI Prof. Paulo Freire

Com atendimento parcial
EBM Alberto Stein
EBM Felipe Schmidt
EBM Francisco Lanser
EBM Gustavo Richard
EBM Pastor Faulhaber
EBM Paulina Wagner
EBM Prof. João Joaquim Fronza
EBM Profª Adelaide Starke
EBM Profª Alice Thiele
EBM Profª Hella Altenburg
EBM Profª Zulma Souza da Silva
EBM Visconde de Taunay
CEI Anton Max Artur Spranger
CEI Dario João Vieira
CEI Emma Tribess
CEI Erica Braun
CEI Herondina Helena da Silva
CEI Irmã Mª Christa Prüllage
CEI Manoel da Luz Rampelotti
CEI Manoela Reinert
CEI Olga Brehmer
CEI Osvaldo Deschamps
CEI Paulo Tallmann
CEI Prof. Emiliano Stolf
CEI Profª Evelina E Eichstaedt
CEI Profª Leonides Westarb
CEI Profª Marlise S. Theis
CEI Profª Martinha Régis Moretto
CEI Profª Tereza A. E. Augsburger
CEI Robert Rudolph Barth

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo