Confira as mudanças anunciadas no governo Mário Hildebrandt

Nova estrutura foi apresentada nesta segunda-feira no salão nobre da prefeitura

Confira as mudanças anunciadas no governo Mário Hildebrandt

Nova estrutura foi apresentada nesta segunda-feira no salão nobre da prefeitura

Evandro de Assis

O prefeito Mário Hildebrandt (sem partido) anunciou nesta segunda-feira, 13, a integração de fundações e autarquias à administração direta municipal. As mudanças fazem parte da reforma administrativa que, segundo o prefeito, pretende dar maior eficiência e reduzir custos do poder público.

Elas também centralizam a estrutura de poder em torno do gabinete do prefeito. A chamada “administração indireta” do município, agora, fica restrita a Samae, Furb, Issblu e, até sua extinção total, a URB.

Um projeto de lei com as alterações precisará passar pela aprovação da Câmara de Vereadores. Segundo Hildebrandt, o projeto deve ser enviado na próxima quinta-feira, 16, ao Legislativo.

As mudanças

– Incorporação da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária à Secretaria de Desenvolvimento Social.

– Fusão da Secretaria de Turismo com o Parque Vila Germânica

– O Seterb passa a ser a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes.

– Criação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade no lugar da Fundação do Meio Ambiente. A Diretoria de Bem-Estar Animal passa a fazer parte da pasta.

– Criação da Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais no lugar da Fundação Cultural de Blumenau.

– Criação da Secretaria Municipal do Esporte, que substituiu a Fundação Municipal de Desportos.

– Criação da Secretaria Municipal da Família no lugar da Fundação Pró-Família.

Nomes da equipe

Foram anunciadas as mudanças na organização administrativa, mas os nomes que vão ocupar os principais cargos não foram confirmados. Hildebrandt apenas antecipou que Júlio César Pereira deixará a Secretaria de Regularização Fundiária e Habitação para cuidar da saúde.

O anúncio foi feito no salão nobre da prefeitura de Blumenau. Estavam presentes jornalistas, servidores, vereadores e apoiadores do governo, além de líderes empresariais, como o presidente da Acib, Avelino Lombardi, e o deputado estadual Ivan Naatz (PV).

“Nossas ações têm o foco de que o cidadão não pode ser prejudicado, as pessoas têm que estar sendo contempladas e atendidas. Mas nós podemos reestruturar o governo para poder atender melhor a comunidade”, afirmou.

Cortes

Cerca de 25 cargos comissionados devem ser eliminados, aí incluída a extinção da Companhia Urbanizadora, além de gratificações pagas a servidores. Cerca de R$ 3,5 milhões serão poupados até o fim de 2020.

Hildebrandt também mencionou a redução de 700 cargos efetivos com a integração de fundações e autarquias à gestão direta. Seriam posições a serem preenchidas em concursos públicos que deixarão de ser oferecidos.

Correção

Até as 10h40 desta segunda-feira, 13, o texto afirmava que Júlio César Pereira deixaria a Intendência do Garcia para cuidar da saúde, porém Pereira na verdade é secretário de Regularização Fundiária e Habitação. O texto acima já está atualizado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo