Ex-atleta de basquete profissional por Blumenau, formada em Educação Física, pós-graduada em Educação Física com ênfase em Fisiologia do Exercício. Gabriela Maas Vieira, 29 anos, é movida pelo foco em ajudar a formar atletas. Mas não quaisquer atletas.

Em 2015, ela começou a trabalhar com o Paradesporto de Blumenau, fazendo a preparação física das modalidades oferecidas pelo programa municipal. No início de 2017, começou a treinar a equipe de atletismo nas provas de pista e salto.

Com três níveis de de formação técnica da Academia Paralímpica Brasileira, conquistou  o troféu de melhor treinadora de atletismo paralímpico entre mais de 68 clubes participantes de cinco estados. É a única técnica da Região Sul convidada a participar do Camping Escolar Brasileiro de Atletismo.

“Sempre digo que não quero o fácil, quero o mais complexo, o mais prazeroso, precisamos de desafios o tempo todo”, diz técnica.

Os pupilos de Gabriela treinam de cinco a seis vezes por semana, de duas a três horas por dia. Fazem musculação, avaliação corporal e testes físicos.

“O que me motiva todos os dias é transformar a vida das pessoas, fazer com que aquele deficiente que ficava em casa descubra que tem muito potencial. É colocar um sorriso no rosto dele ao competir, ao ganhar uma prova, conquistar um troféu. Transformar a vida de uma família, trazer qualidade de vida”, enfatiza Gabriela.

Com 15 atletas sob sua responsabilidade, muitos destaques vem se desenvolvendo na equipe. Thiago Esser é um dos exemplos.

Arquivo Pessoal

Ainda na gestação, Thiago sofreu falta de oxigênio no cérebro, ocasionando uma paralisa do lado direito. A incrível jornada com a técnica Gabriela  começou em 2017, aos 23 anos. Ele perdeu 16 quilos nos 3 primeiros meses de treino!

“Depois que Thiago começou no paradesporto, ele mudou completamente, mais dedicado, focado, determinado em chegar no seu objetivo. Lá ele se sente em casa”, comenta Maristela, mãe do atleta.

Hoje, está em terceiro no ranking nacional e já entrou no mapa internacional do paradesporto.

A técnica Gabriela e cinco atletas seguem para São Paulo neste fim de semana para a primeira fase nacional do Circuito Loterias Caixa, no Centro de Treinamento Paralímpico.

“O resultado de cada um colhe é fruto de seus esforços. Farei tudo que estiver meu alcance para que eles possam ir para a Seleção Brasileira”, deseja Gabriela Maas.

Estamos torcendo por vocês, Paradesporto!

Deixe uma resposta