Conheça os atletas de Blumenau que vão disputar as Olimpíadas de Tóquio

Na lista de 302 brasileiros, seis representam Blumenau

Conheça os atletas de Blumenau que vão disputar as Olimpíadas de Tóquio

Na lista de 302 brasileiros, seis representam Blumenau

Jotaan Silva

Apesar de algumas modalidades já terem iniciado suas partidas pelas Olimpíadas 2020 – realizadas em 2021 devido a pandemia – os jogos iniciam oficialmente nesta sexta-feira, 23. A cerimônia de aberturada competição está marcada para as 11h30.

Na lista dos 303 atletas que representam o Brasil na competição, estão sete esportistas de Blumenau. Eles fazem parte da equipe masculina e feminina de handebol e do atletismo brasileiro.

Um deles – e o mais jovem – é Matheus Gabriel de Liz Correia, de 21 anos. Nascido e criado em Blumenau, ele irá disputar pela marcha atlética. Ele possui o recorde sul-americano sub-23 da modalidade, que conquistou na mesma prova onde alcançou o índice olímpico – completou uma prova de 20km em 1 hora, 20 minutos e 49 segundos.

“Confesso que no dia eu fiquei muito tranquilo, porque a fica nem tinha caído, imagina, ir para uma competição tão importante como as Olimpíadas? Ainda vai ter tempo pra eu ter essa noção de grandeza, é o sonho de muitos atletas”, afirmou Matheus.

Matheus é o atleta mais jovem de Blumenau na competição. Foto: Divulgação/CBAT

O blumenauense iniciou sua carreira no projeto Iniciação Esportiva em 2012, que ocorre nas escolas da cidade. Desde então foi evoluindo na modalidade até chegar ao ápice, disputar uma Olimpíada.

“É a maior competição do mundo. Será incrível passar por esse momento, quero aproveitar tudo. E é muito diferente, então quero ficar tranquilo pra fazer uma boa prova e quem sabe melhorar minha marca”, finalizou.

A prova que Matheus irá disputar será a de 20km, marcada para acontecer no dia 5 de agosto, a partir das 4h30 – horário de Brasília. 

Confira quem são os outros atletas:

Atletismo:

Anderson Henriques

Anderson Henriques já foi finalista dos jogos Pan-Americano. Foto: Divulgação

Com 29 anos, Anderson é natural de Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul, mas é atleta da Associação Atletismo de Blumenau (AABLU). Ele já disputou os Jogos Panamericanos de 2011, quando chegou a final e ficou com a oitava colocação na prova de 400 metros individual. Nas Olimpíadas, Anderson irá disputar a prova de revezamento 4 x 400 misto. A estreia é dia 30 de julho, a partir das 8h. A final será dia 31, a partir das 9h35.

Pedro Luiz Burmann de Oliveira

Essa será a segunda Olímpiada de Pedro Luiz Burmann. Foto: Wagner Campos/CBAt

Com 29 anos, é natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e também atua pela Associação Atletismo de Blumenau (AABLU). Já atuou nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, quando conquistou o oitavo lugar. Além disso, atuou nos Jogos Pan-americanos no Canadá em 2015 e os mundiais de atletismo em 2013 e 2015. Nas Olimpíadas, Pedro irá disputar a prova de revezamento 4 x 400 misto, juntamente com o colega Anderson Henriques. A estreia é dia 30 de julho, a partir das 8h. A final será dia 31, a partir das 9h35.

Felipe Vinícius dos Santos

Estreia de Felipe está marcada para o dia 3 de agosto. Foto: Wagner Campos/CBAt

Com 26 anos, nasceu na cidade de São Paulo, mas é atleta da Associação Atletismo de Blumenau (AABLU). Ele já disputou os Jogos Pan-americanos no Canadá em 2015 e também o Campeonato de Atletismo em Pequim, na China. Agora irá representar o Brasil na prova de Decatlo, com estreia marcada para 3 de agosto, às 21h, com 100 metros rasos. Confira a sequência:

03/8 – 21h55 – Salto em distância
03/8 – 23h40 – Arremesso de peso
04/8 – 06h30 – Salto em altura
04/8 – 09h30 – 400 metros rasos
04/8 – 21h – 110 metros com barreiras
04/8 – 22h55 – Lançamento de disco
05/8 – 00h45 – Salto com vara
05/8 –  7h15 – Lançamento de dardo
05/8 – 1.500 metros rasos

Fernanda Borges

Wagner Carmo/CBAt

Com 36 anos, nasceu na cidade de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, mas é atleta da Associação Atletismo de Blumenau (AABLU). Fernanda foi sexta colocada no Campeonato Mundial de 2019, disputado em Doha, no Catar, e conquistou medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, no mesmo ano.

Cabe destacar que Fernanda Borges havia sido pega no dopping e por isso, estava aguardando julgamento de recurso para poder disputar as Olimpíadas. Aliás, alguns dias antes de iniciarem os jogos, por este motivo, o Comitê Olímpico Brasileiro havia retirado o nome dela da lista de atletas. Porém, na última sexta-feira, 23, ela foi liberada a participar dos jogos.

A estreia acontece nesta sexta-feira, 30, a partir das 21:30, na rodada classificatória. Caso ela se classifique, a final acontece no dia 2 de agosto, a partir das 8h.

Handebol feminino

Duda Amorim

Duda foi considerada a melhor jogadora do mundo da última década. Foto: Abelardo Mendes Jr

Com 34 anos, é blumenauense e foi considerada a melhor jogadora de handebol do mundo da década 2011-2020, em eleição promovida pelo site Handball Planet, um dos mais importantes na modalidade. Antes disso, Duda havia sido eleita a melhor jogadora do mundo em 2014, pela Federação Internacional da modalidade (IHF).

A blumenauense já foi campeã mundial em 2013, tendo sido escolhida a melhor atleta do torneio, tricampeã pan-americana pela Seleção Brasileira e pentacampeã da Champions League de clubes. O Brasil estreia no handebol feminino nas Olímpiadas no sábado, 24, às 23h, contra a Rússia. Confira os demais jogos:

26/7 – 23h – Brasil x Hungria
28/7 – 23h –  Brasil x Espanha
31/7 – 4h15 – Brasil x Suécia
01/8 – 23h – Brasil x FrançaHandebol masculino

Rudolph Hackbarth

Natural de Blumenau, Rudolph já disputou jogos Pan-Americanos e mundial pela seleção. Foto: Wander Roberto/COB

O atleta de 27 anos nasceu em Indaial, mas logo a família se mudou para Blumenau. Já disputou os Jogos Pan-Americanos em 2019, em Lima, com a seleção brasileira, onde conquistou a medalha de bronze. Além disso, também atuou no mundial da modalidade no mesmo ano, ficando em nono lugar.

A estreia nas Olimpíadas está marcada para sexta-feira, 23, a partir das 21h, contra a Noruega. Confira os demais jogos:

25/7 – 21h – Brasil x França
28/7 – 7h30 –  Brasil x Espanha
29/7 – 21h – Brasil x Argentina
01/8 – 7h30 – Brasil x Alemanha

Atualização: 30/07/2021; 10h00 – Até a publicação original, o nome da atleta Fernanda Borges não estava incluído, pois ela aguardava decisão e recurso e seu nome havia sido retirado da lista de atletas do Comitê Olímpico Brasileiro. Como ela foi liberada para disputar a competição, o seu nome e agenda foram incluídos no texto.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo