Conselho aprova prédio do Planetapeia no Centro de Blumenau, mas sem farol

Construção vai abrigar os 25 brinquedos do grupo e deve servir como atração turística

Conselho aprova prédio do Planetapeia no Centro de Blumenau, mas sem farol

Construção vai abrigar os 25 brinquedos do grupo e deve servir como atração turística

Evandro de Assis

O Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Edificado (Cope) aprovou nesta quinta-feira, 28, o projeto de construção de um espaço para abrigar os 25 brinquedos da Planetapeia. A proposta foi submetida à avaliação do grupo porque o imóvel ficará ao lado da Ponte de Ferro, na rua das Missões.

Os arquitetos responsáveis participaram da reunião do Cope e apresentaram a proposta aos conselheiros. Alguns dos presentes manifestaram preocupação com a interferência visual do futuro prédio num local de interesse histórico. Um farol que comporia a cenografia do espaço foi descartado, porque superaria a altura da antiga passagem do trem.

A ideia é reunir num mesmo espaço os brinquedos, famosos nos desfiles da Oktoberfest, e criar um mezanino com auditório para encontros. A localização transformaria o espaço num atrativo turístico. A expectativa é que tudo esteja pronto até o final de 2018.

De acordo com o presidente da Associação Cultural Desportiva Recreativa Planetapeia, Marcelino Campos, este é um projeto em que o grupo trabalha há 15 anos.

“Nós teremos um local adequado para os brinquedos do Nerino Furlan em uma das regiões mais belas da cidade. Proporcionamos um presente para Blumenau”, afirma.

Em relação ao farol, Campos afirma que, como o grupo ainda não sabia como seria feita a construção, achou-se por bem excluí-lo do projeto, e, mais tarde, se for entendido que a construção fica harmônica, enviar um novo documento para análise.

Campos afirma que o grupo está concluindo o projeto final e vai encaminhar à prefeitura para conseguir os alvarás de construção. Depois disso, é só iniciar.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo