Convênio entre Furb e Samae vai permitir avaliar os resíduos sólidos de Blumenau

Pesquisa tem o objetivo de buscar alternativas de reaproveitamento do lixo

Convênio entre Furb e Samae vai permitir avaliar os resíduos sólidos de Blumenau

Pesquisa tem o objetivo de buscar alternativas de reaproveitamento do lixo

Redação

Com o objetivo de avaliar os resíduos sólidos produzidos em Blumenau, a Universidade Regional de Blumenau (Furb) fechou um acordo de cooperação técnico-científica com o Samae. O acordo foi oficializado no início desta semana pelo reitor João Natel e pelo gerente de Resíduos Sólidos, João Carlos Franceschi.

Este convênio está relacionado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental da FURB, e será supervisionado e coordenado pela professora Ivone Gohr Pinheiro, além do próprio Franceschi.

A professora da Furb explica que a ideia tem origem em uma pesquisa de dissertação de mestrado. O mestrando, juntamente com uma aluna de graduação, vai visitar cerca de 400 residências de Blumenau para coletar os resíduos sólidos e aplicar o formulário de pesquisa. Um dos cuidados a serem tomados, conforme destaca a professora, é o fato de a pesquisa atender a todas as classes sociais e econômicas.

Para o gerente de Resíduos Sólidos do Samae, esta pesquisa é relevante porque “será possível conhecer melhor os resíduos e buscar alternativas e estudos de reaproveitamento”, comenta Franceschi.

Segundo Franceschi, esta pesquisa deve durar cerca de um ano, e com isso será possível avaliar a produção de resíduos em datas como Dia das Mães e Oktoberfest, por exemplo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo