Coordenador do Procon de Blumenau pede demissão após desentendimento político

André da Cunha é filiado ao PP, que se distanciou do governo de Mário Hildebrandt nessa semana

Coordenador do Procon de Blumenau pede demissão após desentendimento político

André da Cunha é filiado ao PP, que se distanciou do governo de Mário Hildebrandt nessa semana

Alice Kienen

André da Cunha, que até este sábado, 24, coordenava o Procon de Blumenau, anunciou nas redes o pedido de demissão do cargo. A decisão partiu após um desentendimento entre o partido que ele é filiado, o Progressista (PP), e o governo de Mário Hildebrandt (Podemos).

Esta foi a segunda passagem do advogado pelo órgão de defesa do consumidor, tendo assumido o cargo pela primeira vez em maio de 2018. Em novembro de 2019, ele tomou a frente da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), retornando ao Procon em junho deste ano.

O atrito entre os partidos começou na quinta-feira, 22. Antes disso o PP “estava em harmonia com a administração do governo atual, ainda que em caminhos diferentes nesta caminhada chamada campanha”, como aponta Cunha. Ele não teria sido o único filiado à sigla a se desligar da prefeitura.

O Partido Progressista integra a coligação do ex-prefeito João Paulo Kleinübing (DEM), um dos principais adversários de Hildebrandt na busca pela reeleição. Coordenador das campanhas dos candidatos a vereador do PP, Cunha não se sentiu confortável em continuar no governo.

“Não estava me sentindo bem. Meu coração não estava em paz. Tenho muito a agradecer o prefeito atual, Mário Hildebrandt, pela confiança, pelo carinho e respeito que sempre teve como. Mas não podemos servir dois deuses”, completou.

A Prefeitura de Blumenau ainda não se manifestou sobre o caso e não há informações sobre quem deve assumir o cargo.


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo