Corpo encontrado em matagal do bairro Itoupava Central, em Blumenau, ainda não foi identificado

Homem tinha cicatriz causada por traqueostomia e calçava chinelos de pano

Corpo encontrado em matagal do bairro Itoupava Central, em Blumenau, ainda não foi identificado

Homem tinha cicatriz causada por traqueostomia e calçava chinelos de pano

Bianca Bertoli

O corpo de um homem encontrado com marcas de tiros em um matagal do bairro Itoupava Central segue sem identificação. Os policiais encontraram o cadáver no sábado, dia 23, durante uma busca a quatro suspeitos que teriam envolvimento na tentativa de homicídio de Djonatha Mateus Elias.

Um dos suspeitos, um rapaz de 24 anos, foi encontrado no meio de um matagal próximo à rua Erich Meyer. Foi ele quem alertou os policiais sobre a presença do corpo no meio do mato. O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi chamado para recolhê-lo.

Segundo informações do IGP, o homem, que aparentava ter entre 40 e 50 anos de idade, estava vestindo uma camiseta regata vermelha, bermuda azul e calçava chinelos de pano. Uma cicatriz causada por traqueostomia e dreno no pulmão direito também foram observados pela perícia. Até o momento ninguém procurou o IGP para reconhecer o corpo.

Leia também
EXCLUSIVO: Quais são as ruas mais vigiadas por radares móveis em Blumenau

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio