Letícia Silva

Letícia Silva é jornalista, empresária e corredora amadora. Aqui, toda segunda-feira ela compartilha em vídeo histórias inspiradoras, curiosidades e dicas de especialistas sobre o universo das corridas.

“A corrida melhora o humor no dia a dia”, conta o professor Vital dos Santos Júnior

Em busca de melhor condicionamento físico, Vital começou a correr em fevereiro de 2018 e logo completou os primeiros 5k

Letícia Silva

Letícia Silva é jornalista, empresária e corredora amadora. Aqui, toda segunda-feira ela compartilha em vídeo histórias inspiradoras, curiosidades e dicas de especialistas sobre o universo das corridas.

“A corrida melhora o humor no dia a dia”, conta o professor Vital dos Santos Júnior

Em busca de melhor condicionamento físico, Vital começou a correr em fevereiro de 2018 e logo completou os primeiros 5k

Letícia Silva

Você é viciado em corrida? Ou conhece alguém que tenha dependência do prazer que a corrida proporciona? Muito mais do que melhorar o humor, correr libera endorfina e dopamina – substâncias responsáveis pelo bem-estar indescritível que sentimos ao correr. E sim, elas viciam como açúcar e cocaína.

O professor Vital Pereira dos Santos Júnior entendeu rapidinho o poder da corrida sobre a mente e o corpo. O blumenauense começou a correr em fevereiro de 2018 porque buscava um exercício aeróbico que melhorasse o condicionamento físico.

Em poucas semanas já se sentia mais resistente e o humor melhorou. Logo se inscreveu para a primeira prova de 5k e não quer mais parar, como conta no vídeo de hoje.

Benefícios da corrida

É científico: se o treino for constante e bem orientado, são muitos os benefícios da corrida para a saúde.

> Perda de peso, se aliado à alimentação equilibrada;

> Melhora a função cardiorrespiratória;

> Melhora a imunidade;

> Reduz a ansiedade;

> Aumenta concentração e memória.

E ainda tem a socialização, a autoestima e tantas outras vantagens psicobiológicas enumeradas no artigo científico publicado na biblioteca online Scielo Brasil.

Mas, como tudo na vida, correr em excesso pode fazer mal à saúde. O overtraining é bem conhecido dos atletas viciados em treinar, principalmente quando se está começando ou na reta final de preparação para uma corrida mais extensa, como meia-maratona, maratona, triathlon ou ultramaratonas. O limite fisiológico precisa ser respeitado para evitar lesões e manter a constância, como explica, em vídeo, o professor e triatleta Everton Adriano.

A Organização Mundial de Saúde recomenda que treinos intensos como a corrida sejam praticados por 75 minutos por semana para um adulto saudável. A indicação é de 150 minutos por semana para atividades aeróbicas menos intensas, como a caminhada. Mas como limitar a este ponto algo que nos faz tão bem? Eis um desafio particular, inclusive.

“A corrida é transformadora”, afirma a ultramaratonista Camile Tonial

Sabine Weiler: “Correr é uma das grandes emoções da minha vida”

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo