Corte de orçamento da BR-470 “não é desesperador”, diz superintendente do Dnit

Ronaldo Carioni Barbosa espera que empenho de R$ 50 milhões em emendas parlamentares compense perdas

Corte de orçamento da BR-470 “não é desesperador”, diz superintendente do Dnit

Ronaldo Carioni Barbosa espera que empenho de R$ 50 milhões em emendas parlamentares compense perdas

Julia Schaefer

O corte de R$ 28 milhões no orçamento da duplicação da BR-470 em 2018 não deve prejudicar sensivelmente as obras em 2018. A expectativa otimista é do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) de Santa Catarina, Ronaldo Carioni Barbosa.

Barbosa está confiante que emendas parlamentares a serem liberadas pelo governo federal compensem a perda, confirmada no mês de maio. Segundo ele, a margem para reduções de orçamento via política ficou mais apertada, o que eleva as chances de a duplicação prosseguir em bom ritmo.

As informações devem ser compartilhadas com vereadores e líderes regionais durante uma reunião no Badenfurt, sexta-feira, às 10h.

Em entrevista a O Município Blumenau, Barbosa disse que a nova pista da BR-470 estará pronta em trechos do lote 2, entre Gaspar e Ilhota, “antes das eleições”. Porém, duplicação propriamente dita, com trechos prontos nos dois sentidos da rodovia, somente no fim do ano e no lote 1, da BR-101 até Navegantes.

O Município Blumenau: qual foi o tamanho do corte no orçamento da BR-470?

Ronaldo Carioni Barbosa: Houve dois cortes, um primeiro de R$ 5 milhões, e um segundo de cerca de R$ 23 milhões. Já no primeiro corte a bancada catarinense foi para cima do governo. Conseguimos retornar os R$ 5 milhões. Já o restante, estão brigando por ele, mas me parece que vai ser meio difícil de retornar.

 

Estes cerca de R$ 23 milhões também poderão voltar? 

Este é um recurso que, neste semestre, nós estamos visualizando que podemos esperar um pouco, pois já temos R$ 100 milhões de emenda parlamentar. A gente pode esperar um pouco, não é desesperador, não é prioridade para briga.

Por que não é prioridade?  

O Planejamento sinalizou e já mandou pro governo a liberação de R$ 250 milhões em emendas para o país todo. Destes R$ 250 milhões, R$ 113 são de Santa Catarina. Então, nossa fatia nas emendas nacionais é considerável.

Quanto dessa fatia vai para a BR-470?

Destes R$ 113 milhões, R$ 50 milhões serão destinados à BR-470, por isso que esses R$ 23 milhões perdidos agora nós vamos brigar depois. Vamos empenhar esses R$ 50 milhões da emenda, e depois a gente vai pegar os R$ 23 milhões de volta.

Essas emendas nacionais são garantidas pra esse ano?

O que eles estão dizendo é que já que pegaram os nosso R$ 23 milhões, vão liberar os R$ 50 milhões na nossa emenda. Beleza, tudo bem. Depois que liberarem mais R$ 50 milhões, vamos chorar pelos R$ 23 milhões de novo. Com isso nós vamos demonstrar para o governo federal que em Santa Catarina nós temos capacidade de investimento, nós vamos investir.

A redução de R$ 28 milhões representa impacto nas obras desse ano?

Até o mês de maio as obras tinham recurso suficiente para continuar. Com a sinalização do governo com as emendas, as obras continuam no mesmo ritmo. Elas só seriam prejudicadas se o governo sinalizasse que não. Esses cortes que houve ainda não trouxeram reflexo negativo.

Não há possibilidade da alteração no valor do óleo diesel ocasionar novos cortes?

Essa pergunta é bem complicada de responder. Em questão de emenda, eu acredito que 99% vai estar liberada e a gente não vai ter problemas. O impacto que o óleo diesel poderia refletir em Santa Catarina eram os R$ 40 milhões que os políticos puderam tirar, então eu não acredito que vai ficar pior do que já esteja. Mas tudo depende do que o governo fizer.

Como está, no geral, o andamento das obras na BR-470?

O andamento das obras está bom. O lote 1 da BR-470 está tocando bem, o lote 2 está tocando bem, reativamos o 3 e está andando bem, o 4 está pegando ritmo. Muitas vezes é necessário dar uma paradinha porque choveu, mas aí é questão atmosférica, meteorológica, e não questão de recursos ou qualquer outro tipo de prejuízo.

Quando vamos ter o primeiro quilômetro duplicado da BR-470?

Na programação, até outubro no Lote 2 é para termos oito quilômetros duplicados. Não com a pista antiga restaurada, mas com o trânsito desviado para as duas pistas como se estivesse duplicado.

Depois disso nós vamos restaurar a pista velha, mas isso vai demorar um pouco mais, mais ou menos até o final do ano para restaurar. Até antes das eleições nós teremos oito quilômetros entregues de duplicação. No lote 1, vai estar bem avançado até final do ano, pra gente poder liberar 90% dele.

E o trevo do Badenfurt, quando começam as obras?

No Badenfurt, começaram a fazer a limpeza para a drenagem. Porque primeiro tem que ser feita a drenagem, pra depois desviar o trânsito, fazer a pavimentação, e depois começar a fazer os viadutos. Me parece que já estão engrenando as escavações para o assentamento das tubulações das aduelas.

Esse processo de drenagem dura quanto tempo?

Ronaldo: Eu acredito que vá alguns meses, porque são 1.100 metros de tubulação de galeria. Você tem que escavar, fazer todo o fundo, aí tem todo o tráfego em volta, toda a questão da interferência em volta pra mexer, assentamento, reaterrar, depois fazer a pavimentação em cima. Eu prefiro que demore um pouco mais, mas que seja feito um serviço bom.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio