Covid-19: SC pode aplicar segunda dose de reforço em idosos com 80 anos ou mais

Vacinas da Pfizer, Janssen ou AstraZeneca estão aptas para serem aplicadas na dose de reforço

Covid-19: SC pode aplicar segunda dose de reforço em idosos com 80 anos ou mais

Vacinas da Pfizer, Janssen ou AstraZeneca estão aptas para serem aplicadas na dose de reforço

Redação

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), autorizou nesta quinta-feira, 24, conforme recomendação do Ministério da Saúde (MS), o início da aplicação da segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19 nos idosos com 80 anos ou mais.

As novas doses de reforço deverão ser aplicadas nos idosos que já tenham tomado a primeira dose de reforço há quatro meses ou mais. A nova aplicação poderá ser feita com as vacinas da Pfizer, Janssen ou AstraZeneca, independentemente da dose utilizada anteriormente.

A decisão foi tomada pela equipe técnica da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) após  reunião com representantes. Durante o encontro, foram repassadas orientações sobre a aplicação da segunda dose de reforço.

De acordo com o MS, a aplicação da segunda dose de reforço é importante para a proteção dos idosos contra a Covid-19, tendo em vista que estudos apontam a diminuição da efetividade das vacinas neste público, a partir de 3 a 4 meses depois da aplicação.

Cobertura vacinal da dose de reforço

Segundo a Dive-SC, a cobertura vacinal com a primeira dose de reforço ainda é baixa em Santa Catarina. Levando em consideração todos os adultos com 18 anos ou mais, a cobertura está em 38,4%; na população acima de 60 anos, em 73,49%; e, nos idosos com 80 anos ou mais, público que deve tomar a segunda dose de reforço neste momento, a cobertura da primeira dose de reforço está em 75%, também abaixo do recomendado que é de, pelo menos, 85%.

Sendo assim, neste momento, a prioridade ainda é pela aplicação da primeira dose de reforço, aponta a Dive-SC. No entanto, aqueles municípios que tiverem doses disponíveis para aplicação da segunda dose de reforço, já podem iniciar a aplicação nos idosos com 80 anos ou mais que tenham tomado a primeira dose de reforço há mais de quatro meses.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo