Das Kino - Um olhar crítico sobre o cinema

Jéssica Frazão é doutoranda na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP) e escreve sobre cinema, artes e produção audiovisual.

“Você sabia que fica em Blumenau um importante e respeitado estúdio de animação brasileiro?”

Colunista apresenta trabalho blumenauense voltado para o mercado das animações

Das Kino - Um olhar crítico sobre o cinema

Jéssica Frazão é doutoranda na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP) e escreve sobre cinema, artes e produção audiovisual.

“Você sabia que fica em Blumenau um importante e respeitado estúdio de animação brasileiro?”

Colunista apresenta trabalho blumenauense voltado para o mercado das animações

Belli Studio e o mercado de animação no Brasil

Provavelmente, você se lembra de um filme ou série de animação que marcou sua infância, como Rei Leão, Toy Story, Tom e Jerry, Cavalo de Fogo, O Fantástico Mundo de Bobby, Caverna do Dragão…

No cinema ou na televisão, crescemos cercados por desenhos animados, e de algum modo, estes produtos fizeram parte do nosso imaginário, comportamento e formação infantil. Hoje, as animações brasileiras ocupam o horário nobre dos canais de TV por assinatura, além de presença massiva nos cinemas e nos serviços de streaming, a exemplo de Frozen, Os incríveis, Irmão do Jorel, Peppa Pig, Galinha Pintadinha, Bob Esponja, entre tantos outros.

Um desenho animado é capaz de proporcionar aos espectadores mirins valorosas reflexões sobre condição humana, ensinar valores de amizade, honestidade, respeito, responsabilidade, etc. Dentro do escopo dos artistas da animação, técnicas, enredo e concepção de personagens são pensados de forma criativa, fazendo deste universo algo tão diversificado.

Rubens Belli, criador da Belli Studio, e Aline Belli, produtora executiva. Foto: Divulgação

O crescimento da indústria de animação no Brasil não é algo recente, remonta à década de 1970, principalmente após o sucesso dos quadrinhos da Turma da Mônica. A necessidade de animar estes personagens fez surgir uma demanda de produção no mercado.

Mas a grande virada ocorreu em 2011, quando entrou em vigor a Lei 12.485, que garante a presença da produção audiovisual brasileira na maioria dos canais a cabo. Em resposta, ampliou-se no território nacional os estúdios de animação.

Você sabia que fica em Blumenau um importante e respeitado estúdio de animação do Brasil? A Belli Studio, atuante desde 1999, produz material audiovisual animado reconhecido nacional e internacionalmente.

Dentre as produções, é impossível não comentar sobre a série “Boris e Rufus”, distribuída pela Disney para toda América Latina, e que conta com a inserção de libras e audiodescrição. Além disso, a Belli Studio possui trabalhos vinculados à TV Cultura, Netflix, Discovery Kids e Cartoon Network.

A nova série da casa, “Tuca, o mestre cuca”, está em período de contratação para uma emissora de TV latino-americana. O mais incrível é que esta série não poderia ser mais blumenauense: nasceu de uma parceria com a FURB TV, a TV universitária de Blumenau.

Com 20 anos de experiência, a produtora já recebeu o troféu Animacción do Prêmio Chilemonos, em 2018, no Chile, e foi finalista na categoria Série Brasileira de Animação, no 18º Grande Prêmio do Cinema, em 2019, ambos pela série “Boris e Rufus”.

Fazer animações demanda tempo e paciência. Para se ter uma ideia, uma semana de trabalho do animador equivale a apenas trinta segundos de animação. Além dos animadores, profissionais do design, ilustração, cor, produção, direção, dublagem, advocacia e financeiro formam a equipe que faz a animação existir.

Equipe da Belli Studio. Foto: Divulgação

Hoje, escolas e cursos de graduação em animação são uma realidade, não apenas pelo mercado de animação de séries e filmes, mas também por conta dos games, que também precisam ser animados.

O mercado de animação no Brasil ainda não é autossustentável, uma vez que a velocidade com que se espera entre a formação de mão de obra qualificada, produção, divulgação, licenciamento e venda de produtos audiovisuais animados está aquém do mercado internacional.

Entretanto, os profissionais buscam sempre estratégias de reconhecimento para que se crie competitividade com as grandes corporações milionárias estrangeiras.

Para isto, leis de incentivo são primordiais no fortalecimento das produções regionais e nacionais. Desta forma, valorizar e entender a importância do poder público nessa cadeia, que, junto à iniciativa privada, amplia o acesso aos produtos audiovisuais com um acervo de músicas, games, vestuário, brinquedos licenciados voltados à temática da animação, realmente faz a diferença.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo