Dois acolhidos morrem em instituição beneficente de Brusque

Outras duas pessoas precisaram de atendimento médico, com sintomas de gastroenterite

Dois acolhidos morrem em instituição beneficente de Brusque

Outras duas pessoas precisaram de atendimento médico, com sintomas de gastroenterite

Redação

A Secretaria de Saúde de Brusque confirma que dois moradores do Lar Menino Deus – instituição que acolhe pessoas com deficiência intelectual -, morreram nos dias 26 e 27 deste mês. Além deles, outras duas pessoas precisaram de atendimento médico.

Os dois são José Tarter, 47 anos, e Gilberto Bernardes, 39 anos. O primeiro morreu no domingo, 26, e o segundo, na segunda-feira, 27. José faleceu no lar, vítima de mal súbito. Já Gilberto chegou a ser internado, mas morreu no hospital, vítima de pneumonia.

Após as duas mortes, a Vigilância em Saúde do município esteve na instituição, já que outros dois pacientes do local foram internados com sintomas de gastroenterite (infecção intestinal caracterizada principalmente por diarreia).

No local, a Vigilância encontrou alimentos perecíveis com a data de validade expirada, oriundos de doação. Entretanto, por meio de nota, tanto a prefeitura quanto o Lar Menino Deus garantem que esses alimentos não estavam acondicionados em local para uso.

“Ainda não haviam passado pela triagem rotineira realizada pela entidade, por parte de um nutricionista, onde se verificam as condições dos alimentos, entre eles, o prazo de validade. Sendo assim, considerando que os alimentos não foram servidos aos moradores, bem como não houve nenhuma ilação nos laudos, não se pode afirmar que houve qualquer relação com as ocorrências”, diz o comunicado.

A prefeitura diz ainda que não se pode afirmar que o fato de terem sido encontrados alimentos fora da validade no local esteja relacionado diretamente com a morte dos dois moradores.

“O que se identifica é uma gastroenterite de forma viral, não especificada, que pode ter ocasionado o incidente, sobretudo por se tratar de um público mais vulnerável, que divide o mesmo local”, informa.

“A Prefeitura de Brusque reforça, ainda, que o Lar Menino Deus corresponde às suas atribuições de acordo com as diretrizes técnicas e operacionais do município e aprovadas pelo Conselho Municipal de Assistência Social, conforme política nacional vigente, sendo que, a Secretaria da Saúde não identifica motivos de preocupação com famílias e moradores que lá se encontram”, finaliza a nota.

A reportagem solicitou entrevistas ao Lar Menino Deus e à prefeitura, que decidiram se manifestar em conjunto apenas por meio de nota oficial.

Missa de sétimo dia

Em sua página no Facebook, o Lar Menino Deus publicou, no dia 27, sobre o velório de José Tarter e Gilberto Bernardes. A missa de sétimo dia dos dois será realizada em 2 de junho, às 16h, na capela da instituição.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo