Dois meses de coronavírus em Blumenau: veja o gráfico com a evolução e gravidade dos casos

O Município Blumenau traz dados que demonstram como a Covid-19 está se espalhando na cidade

Dois meses de coronavírus em Blumenau: veja o gráfico com a evolução e gravidade dos casos

O Município Blumenau traz dados que demonstram como a Covid-19 está se espalhando na cidade

Jotaan Silva

No dia 20 de março de 2020, Blumenau registrou os dois primeiros casos de coronavírus na cidade. Um homem de 72 anos e uma mulher de 29 testaram positivo para Covid-19 e abriram as estatísticas no município.

Depois disso, cada vez mais casos foram aparecendo, trazendo a cidade ao resultado de 531 pessoas infectadas em 60 dias – dados divulgados até o dia 19 de maio -, sendo que 246 estão recuperadas, 274 estão em isolamento domiciliar, três estão internadas em enfermaria, cinco em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e três faleceram.

Veja no gráfico montado pelo jornal O Município Blumenau, a evolução do coronavírus na cidade.

 

Como visto no gráfico, os casos começaram a aumentar a partir da última semana de abril, batendo recordes de testes positivos a cada semana, sendo a última no dia 13 de maio, com 53 casos confirmados em 24 horas.

Esse cenário é explicado, segundo o Secretário de Saúde de Blumenau, Winnetou Krambeck, pela maior circulação de pessoas na cidade, principalmente os trabalhadores – após flexibilização do isolamento social – e pelo aumento no número de testes realizados na cidade.

Um gráfico que mostra a faixa etária das pessoas infectadas comprova que o “grupo” que mais testou positivo é o que continua no mercado de trabalho.

Na avaliação do secretário, até o momento, o saldo é positivo, pela baixa demanda de internação nos hospitais e pelos sintomas leves que as pessoas infectadas que estão sendo monitoradas e isoladas em casa estão sofrendo. Entretanto, o secretário deixa claro que isso acontece devido aos cuidados que estão sendo tomados.

“É de certo modo positivo pelos números. Mas isso não pode ser motivo para relaxar. É necessário continuar cumprindo as orientações e os cuidados, porque esse cenário pode mudar de uma hora para outra, caso isso afrouxe”, destaca Krambeck.

Gráfico mostra onde mora cada pessoa infectada em Blumenau:

Blumenau pode  ter 1.491 casos até o fim do mês

A Prefeitura de Blumenau, em conjunto com profissionais da Unimed e professores da Furb estão realizando projeções de quantos casos a cidade pode ter nos próximos dias. O último prognóstico foi realizado no dia 15 de maio, para o dia 30 de maio e foram divididos em três cenários: otimista, médio e pessimista.

No primeiro, o estudo aponta que até o dia 30 de maio, Blumenau pode ter 984 casos confirmados. O segundo, já coloca a possibilidade de 1.241 casos confirmados. E por último, o pessimista destaca a possibilidade da cidade chegar a 1.491 casos de coronavírus.

“Mais casos sabemos que vão ter. Queremos evitar mortes, e para isso, precisamos evitar leitos sobrecarregados, precisamos continuar com os cuidados necessários, e vamos permanecer com os investimentos em mais testes, em ampliação dos espaços nos hospitais. Até chegar uma cura ou uma vacina, precisamos nos acostumar a viver com o coronavírus e as limitações que ele traz às pessoas”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo