Duplicação da BR-470 ganha reforço financeiro para este fim de ano

Governo federal carimbou R$ 70,4 milhões para a obra. Confira para onde vai o dinheiro

Duplicação da BR-470 ganha reforço financeiro para este fim de ano

Governo federal carimbou R$ 70,4 milhões para a obra. Confira para onde vai o dinheiro

Evandro de Assis

Empresários e líderes regionais de Blumenau vão se reunir nesta terça-feira, dia 21, para ouvir o superintendente substituto do Dnit Santa Catarina, Ronaldo Carioni Barbosa, falar sobre a duplicação da BR-470. Há indícios de que ele deve trazer alguma esperança de maior agilidade nas obras, que se arrastam desde 2013.

O governo federal empenhou R$ 70,4 milhões para a duplicação do trecho Indaial-Navegantes. Isso quer dizer que o dinheiro está carimbado e garantido. As empresas podem tocar os trabalhos e pôr dinheiro à frente – o recebimento ocorre após a execução do trabalho.

Até agosto, R$ 37,4 milhões haviam sido pagos às empreiteiras dos lotes 1 e 2, entre Navegantes e Gaspar. Ou seja: há R$ 33 milhões disponíveis para novos pagamentos ainda em 2017. É provável que uma parte deste valor tenha sido consumida nos meses de setembro e outubro.

A vinda do superintendente do Dnit era aguardada há vários meses e, conforme o Comitê da Duplicação, ficou mais fácil desde que Barbosa assumiu o cargo.

“O problema da falta de recursos tem inibido a coragem dos políticos de enfrentar o público. Dissemos ao superintendente que a reunião não é para cobrar, é para ouvir”, conta o empresário e ex-prefeito Felix Theiss, um dos líderes do movimento pela duplicação da rodovia.

Lote 1

As obras no lote de Navegantes aceleraram desde que o consórcio responsável pelas obras recebeu o reforço de uma nova empreiteira. Há a expectativa de que, na reunião desta terça, o Dnit projete uma data de entrega da duplicação deste primeiro lote, que é mais curto e seria mais rápido de concluir. Seria em 2018.

Viadutos no Lote 2

Na reunião desta terça, o Dnit deve destacar a construção de dois viadutos no lote 2, entre Ilhota e Gaspar. No canteiro de obras já é possível visualizar grandes estruturas de concreto sendo construídas às margens da rodovia. Em breve, as duas passagens devem ganhar forma.

Lote 3

Barbosa deve atualizar, na reunião, a situação das desapropriações. Nos dias 4, 5 e 6 de dezembro o Dnit fará um mutirão de conciliação para resolver 36 processos de desapropriação no lote 3, que está concentrado em Blumenau. Serão cerca de R$ 8 milhões investidos nesta fase da obra. A Justiça Federal já está trabalhando nesses processos e recentemente foi à Associação Empresarial (Acib) informar do andamento dos trabalhos.

A reunião desta terça-feira será no Hotel Sesc Blumenau, às 10h, e terá cobertura do Município Blumenau.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio