“É muito raro esse tipo de serpente invadir residência, ainda mais a cama”, diz bombeiro

Sargento Airton Cesar Schmits orienta o que fazer em caso de acidentes com cobras

“É muito raro esse tipo de serpente invadir residência, ainda mais a cama”, diz bombeiro

Sargento Airton Cesar Schmits orienta o que fazer em caso de acidentes com cobras

Danubia de Souza

“É muito raro esse tipo de serpente invadir residência, ainda mais a cama”. A observação é do sargento Airton Cesar Schmits, do Corpo de Bombeiros de Blumenau, sobre o caso de um menino picado por uma jararaca enquanto dormia no bairro Escola Agrícola.

Gustavo Igor da Rosa Lima foi encaminhado ao Hospital Santo Antônio. O garoto vai permanecer internado por 24 horas para observação. A cobra foi capturada viva pelos socorristas.

Em caso de acidentes desse tipo, o bombeiro orienta a preservar o animal para que se possa identificá-lo. Isso é importante para a aplicação do soro correto no tratamento. Não se deve fazer qualquer tipo de perfuração ou corte na pele, nem mesmo tentar sugar o veneno. A recomendação é permanecer em repouso até que o socorro chegue. Confira no vídeo abaixo:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio