Eleitores com deficiência devem informá-la à Justiça Eleitoral até 9 de maio

Medida serve para que o TRE prepare o local de votação levando em conta as necessidades de cada pessoa

Eleitores com deficiência devem informá-la à Justiça Eleitoral até 9 de maio

Medida serve para que o TRE prepare o local de votação levando em conta as necessidades de cada pessoa

Redação

Os eleitores com deficiência, que possuem alguma restrição de locomoção ou problemas de visão, têm até o dia 9 de maio para procurar o Cartório Eleitoral e informar a sua necessidade especial à Justiça Eleitoral.

Isso é necessário para que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) possa preparar a seção levando em consideração as necessidades específicas do eleitor. Por exemplo, se o eleitor é cego, é necessário preparar uma urna com fones de ouvido. Já se ele possui dificuldade de locomoção, é importante alocá-lo em uma seção de fácil acesso.

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina tem cadastrados 11.267 eleitores com deficiência de locomoção e 3.046 com deficiência visual.

Caso o eleitor não consiga procurar o Cartório Eleitoral até 9 de maio, ele poderá solicitar a transferência para uma seção especial também entre os dias 17 de julho e 23 de agosto.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo