Empresa de Gaspar entra no top 10 das maiores do Brasil da revista Exame; Blumenau emplaca duas empresas

Bunge é a 10ª no ranking da revista, enquanto Hering é a 465ª e Cremer é 816ª

Empresa de Gaspar entra no top 10 das maiores do Brasil da revista Exame; Blumenau emplaca duas empresas

Bunge é a 10ª no ranking da revista, enquanto Hering é a 465ª e Cremer é 816ª

Cristóvão Vieira

A empresa gasparense Bunge garantiu espaço no top 10 na lista de Melhores e Maiores de 2019, feita pela revista Exame. Elaborado anualmente, o ranking elenca as mil maiores e melhores empresas do Brasil, com base no valor líquido de vendas.

Com o resultado, a Bunge é a melhor colocada entre as catarinenses, oito posições à frente da segunda colocada do estado, que é a BRF, de Itajaí, na 18ª posição.

Publicadas na edição de setembro, as listas vão desde as principais em vendas do país, as com maiores lucros até as com piores desempenhos. Além da Bunge, duas empresas de Blumenau aparecem na listagem: a Hering é a 465ª e Cremer é 816ª.

Outras empresas da região também foram destacadas na lista que elenca mil nomes. Casos de WEG, de Jaraguá do Sul, Havan, de Brusque, Pamplona, de Rio do Sul

Como é feito o ranking

Segundo publicação da revista Exame, o levantamento deste ano avaliou mais de 3 mil empresas e os maiores grupos privados do Brasil. Os dados consistem da análise das demonstrações contábeis no Diário Oficial dos estados, publicados até o dia 15 de maio de 2019.

Também, foram incluídas informações das companhias limitadas que enviaram os resultados para análise e responderam aos questionários. Nos casos do não recebimento das informações, a publicação considerou empresas de porte significativo e bem conhecidas no mercado, que tiveram seu faturamento estimado por analistas.

Outras empresas

Confira quais empresas de Santa Catarina que estiveram na grande lista de Melhores e Maiores 2019, da revista Exame:

10º – Bunge (Gaspar)
18º – BRF (Itajaí)
75º – Aurora Alimentos (Chapecó)
84º – Celesc (Florianópolis)
115º – WEG Equipamentos (Jaraguá do Sul)
119º – Havan (Brusque)
139º – Engie Brasil Energia (Florianópolis)
188º – Raízen Mime (Jaraguá do Sul)
234º – Cooperalfa (Chapecó)
294º – Tupy (Joinville)
319º – Angeloni (Criciúma)
358º – Clamed Farmácias (Joinville)
365º – Eletrosul (Florianópolis)
440º – Copercampos (Campos Novos)
450º – Giassi Supermercados (Içara)
460º – Intelbras (São José)
465º – Hering (Blumenau)
539º – Copérdia (Concórdia)
608º – Casan (Florianópolis)
639º- Deycon (Joaçaba)
661º – Pamplona (Rio do Sul)
663º – Portobello (Tijucas)
692º – Tuper (São Bento do Sul)
710º – Chapecó (Florianópolis)
717º – Gomes da Costa (Itajaí)
759º – WEG Drives & Controls – Automação (Jaraguá do Sul)
767º – Agemed Saúde (Joinville)
780º – Oesa (Jaraguá do Sul)
788º – SCGás (Florianópolis)
812º – Adami (Caçador)
814º – Coopercarga (Concórdia)
816º – Cremer (Blumenau)
821º – Schulz (Joinville)
823º – Incoplast-SC (São Ludgero)
866º – Eliane (Cocal do Sul)
931º – Auriverde (Cunha Porã)
932º – Enercan (Campos Novos)
973º – Scherer (Joaçaba)
984º – CEE (Florianópolis)
990º – Cravil (Rio do Sul)

Colaborou Luiz Antonello

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo