Estão abertas as inscrições de grupos para o Stammtisch, em Blumenau

Grupos antigos têm até esta sexta-feira para manifestar o interesse em participar novamente do encontro

Estão abertas as inscrições de grupos para o Stammtisch, em Blumenau

Grupos antigos têm até esta sexta-feira para manifestar o interesse em participar novamente do encontro

Bianca Bertoli

Já estão abertas as inscrições de grupos antigos e novos que desejam participar do Stammtisch marcado para o dia 21 de abril na rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau. Desde esta terça-feira, 13, e até sexta, 16, quem já participa do evento deve se cadastrar no setor 1 da Vila Germânica, entre 13h30 e 19h30.

Na segunda-feira, 19, no mesmo horário e local, é a vez dos grupos novos. Porém, as vagas serão remanescentes, ou seja, se os grupos antigos ocuparem todo o espaço já previsto, não haverá participantes novos neste próximo encontro.

Disputa na organização 

Durante quatro anos a empresa Sol Eventos tomou frente da organização do tradicional Encontro dos Grupos de Stammtisch. No entanto, neste ano o proprietário da empresa, Develon Rocha, e o antigo parceiro dele na empreitada, Norberto Mette, disputavam a direção do evento. Na manhã de terça-feira, 6, Develon enviou um comunicado abrindo mão da organização.

Na sexta-feira, dia 2, foi convocada uma reunião entre os dois e um conselho formado pelos grupos mais antigos. Na reunião, ficou decidido que o grupo escolheria o organizador.

“Estou sendo pego de surpresa (pela decisão de Develon). Bom, tudo bem, eu vou fazer o evento, até porque a grande maioria dos grupos queria que eu fizesse”, disse Mette.

Na nota divulgada pela Sol Eventos, a empresa diz que quando Mette assumiu a Diretoria de Turismo de Gaspar, havia deixado transparecer que não se envolveria mais no evento. No entanto, Mette fala que a situação é pessoal.

“Mandei um comunicado dizendo que não tinha mais interesse em fazer eventos com ele. Mas não disse que não faria o evento, inclusive fui à prefeitura pedir o alvará”, contrapõe.

Develon Rocha frisou que tentou dialogar com Mette previamente, mas que ele esteve ocupado. Na reunião de sexta-feira, dia 2, conversaram normalmente e resolveram a situação.

“Enfim, foi tudo resolvido e achei pertinente não levar adiante porque a cidade não merece esse imbróglio todo. A contribuição da Sol Eventos foi dada, e muito bem resolvida”, acrescentou.

Mesmo com a situação, o proprietário da Sol Eventos diz que se mantém à disposição do grupo para ajudar na realização do evento. Ele argumenta que o evento movimenta a economia, o turismo, e se diz satisfeito por ter liderado a organização por estes anos.

“Se precisar de indicações, a Sol sempre estará à disposição da cidade. Quando unimos forças, as coisas funcionam melhor e as portas se abrem”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio