Família atualiza estado de saúde de motociclista que foi carregado por caminhão na BR-101

Anderson Pereira ficou pendurado no veículo por mais de 30 quilômetros

Família atualiza estado de saúde de motociclista que foi carregado por caminhão na BR-101

Anderson Pereira ficou pendurado no veículo por mais de 30 quilômetros

Redação

Anderson Pereira, o motociclista que foi carregado por um caminhão por 32 quilômetros após uma batida, recebeu alta do hospital. A vítima conseguiu sair a tempo para participar do velório da esposa, Sandra, que não resistiu.

De acordo com familiares, Anderson segue bastante abalado. Ele estava no hospital Ruth Cardoso, de Balneário Camboriú. Já Sandra ficou na UTI do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Ela chegou a passar por uma cirurgia de urgência na manhã de domingo, mas não sobreviveu até o início da noite.

O acidente ocorreu na BR-101, em Penha, na tarde deste sábado, 6. O caminhão bateu na traseira da moto, passando por cima de Sandra e empurrando Anderson. Ele conseguiu sobreviver e ainda escalou a janela do veículo para pedir que o condutor parasse.

Porém, o veículo só parou quando testemunhas forçaram o freio. O motorista chegou a ser agredido, mas logo foi preso e deve responder por homicídio e tentativa de homicídio. Dentro do caminhão havia sete gramas de cocaína.

Leia também:

As drogas e o caminhão: presidente do sindicato em Blumenau pede mais fiscalização na categoria


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo