Família de Antonella não sabe quando vai receber remédio do governo estadual

Menina de 11 meses sobre com doença grave

Família de Antonella não sabe quando vai receber remédio do governo estadual

Menina de 11 meses sobre com doença grave

Suellen Venturini

Apesar de ter conseguido liminar favorável na Justiça, a família de Antonella Garcia da Cunha Moro, de 11 meses, não sabe quando o governo estadual vai fornecer as primeiras doses do medicamento para combater a Amiotrofia Muscular Espinhal (AME).

Segundo familiares, a decisão judicial garante o medicamento, mas até a tarde desta quinta-feira, dia 2, o governo estadual ainda não tinha se pronunciado sobre a data ou trâmites do fornecimento do remédio Spinraza.

Na decisão emitida no dia 26 de abril, a Justiça determinou que o dinheiro arrecadado até pela campanha (R$ 889.618,46) nas redes sociais seja aplicado na compra do medicamento. Para as quatro doses, seriam necessários cerca de R$ 1,3 milhão. O estado completaria o valor. A vaquinha online foi suspensa.

Enquanto aguarda a medicação, Antonella está internada no Hospital Santo Antonio, em Blumenau. Ela passou por uma cirurgia na quarta-feira, dia 1º de maio. A operação foi para a colocação de uma sonda que vai ajudar na alimentação da menina. Segundo a família, o estado de saúde dela é estável.

A criança foi diagnosticada com AME em março. A doença afeta os neurônios motores. Na mês passado, o Ministério da Saúde informou que vai passar a fornecer os medicamentos para pacientes como Antonella. Porém, o procedimento só deve estar normalizado dentro de seis meses, tempo que a menina não pode esperar.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo