Fio da Vida: projeto promove feirinha de artesanato para ajudar em tratamentos médicos em Blumenau

Ação é uma forma de ajudar pacientes com doenças pulmonares que não podem trabalhar para gerar renda mensal

Fio da Vida: projeto promove feirinha de artesanato para ajudar em tratamentos médicos em Blumenau

Ação é uma forma de ajudar pacientes com doenças pulmonares que não podem trabalhar para gerar renda mensal

Redação

Uma ação, fruto de um projeto constituído pela parceria entre a Abraf (Associação Brasileira de Hipertensão Pulmonar e Doenças Correlatas) e a pneumologista Marina Lima, médica do Hospital Dia do Pulmão e madrinha do projeto, deu origem a feirinha Fio da Vida.

O evento acontece neste sábado, 26, das 8h às 12h em frente ao Hospital Dia do Pulmão, na rua Engenheiro Paul Werner, 1141, no bairro Itoupava Seca. Essa será a primeira feirinha promovida pelo projeto, onde pacientes artesãos de várias cidades como Blumenau, Santa Terezinha, Jaraguá do Sul, Laurentino, Piçarras, Vidal Ramos e Joinville irão expor seus produtos.

A venda tem como objetivo de ajudar em seus tratamentos, mas também compartilhar suas histórias de vida, seus talentos e incentivar outros pacientes a aumentar sua auto estima.

Feirinha Fio da Vida

O projeto ainda é novo, nasceu após a especialista ouvir pacientes com problemas pulmonares graves falarem o quanto o artesanato é importante na vida deles. Segundo ela, há muitas pessoas com grandes restrições que dificultam a realização de atividades e tarefas do dia a dia, por conta disso, não conseguem trabalhar em empregos regulares.

“Devido a isso, esses pacientes sentem-se muitas vezes um peso por não conseguirem renda. No decorrer das consultas e conversas eu fui descobrindo que elas produzem, sim, são artistas, artesãos, e fazem peças belíssimas”, comenta.

Rosemari Haak Tieges, coordenadora do projeto Fio da Vida, conta que a feirinha é uma segunda chance para os pacientes. “Cada artesão consideramos um fio de superação. Eles mostram que existe vida após um diagnóstico de uma doença grave que perdem a razão de viver.

Ela ainda acrescenta: “Existe vida após um diagnóstico de Hipertensão Pulmonar,  de uma asma grave, uma bronquiectasia, uma fibrose pulmonar e tantas outras doenças que nos limitam fisicamente”.

Conheça mais sobre o projeto e quem irá participar da feirinha pelo Instagram: @Fiodavida_.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo