Focinhos Bom Retiro: conheça projeto que ajuda animais de famílias carentes em bairro de Blumenau

Projeto teve início em 2021 e já ajudou cerca de 14 animais

Focinhos Bom Retiro: conheça projeto que ajuda animais de famílias carentes em bairro de Blumenau

Projeto teve início em 2021 e já ajudou cerca de 14 animais

Iáscara Zultanski

Com o objetivo de ajudar famílias carentes, seus animaizinhos e animais de rua, as moradoras do bairro Bom Retiro, Fabiana Jensen de 55 anos e Margarida Schneider, de 70 anos, criaram o projeto Focinhos. Ambas já participavam da diretoria da Associação de Moradores do Bom Retiro (Amabre), quando tiveram a ideia de criar o projeto.

“Nós ajudamos os animais de rua e animais de moradores do bairro, que como nós, adoram os amiguinhos de quatro patas, mas não tem condições de fazer a castração ou vacinação”, comentam as organizadoras.

A ideia surgiu em outubro de 2021, já que ambas estavam envolvidas nas causas animais a um bom tempo. “Pensamos em criar esse projeto, direcionado aos animais do nosso bairro. E já que fazemos partes da Amabre, também contamos com as outras partes da diretoria da associação”, comenta Margarida.

“Roupinhas” produzidas para ajudar o projeto. Crédito: arquivo pessoal

O projeto funciona de forma totalmente voluntária e é voltado apenas para animais de pessoas que residem no bairro Bom Retiro, em Blumenau. Atualmente, apenas Fabiana e Margarida mantêm o projeto, contudo, elas têm ajuda de uma amiga, chamada Jane.

Desde o surgimento do projeto Focinhos, cerca de 14 animais do Bom Retiro já foram castrados, e agora, as organizadoras estão planejando começar campanhas de vacinação de mais alguns animais. “Nós constatamos que a maioria dos animais do bairro não são vacinados, então estamos planejando uma campanha para mudar isso”.

Vendas de artesanato

Para manter o projeto, Fabiana e Margarida “doam mão de obra e o próprio tempo” para produzir peças artesanais de pachtwoork, caminhas e roupinhas para cães, assim como Jane, que produz mandalas. Depois de pronto, tudo que foi produzido é vendido, e transformado em recursos para ajudar os animais. 

Mandalas vendidas pelo projeto. Créditos: arquivo pessoal

Além disso, também são coletadas e vendidas tampinhas, e as pessoas também ajudam financeiramente. “Recebemos mais de R$ 300, para ajudar na compra das vacinas, por exemplo”, comentam. 

Atualmente, ambas estão realizando uma campanha do dia das mães, na qual vão confeccionar necessaires, que poderão ser dadas de presente. Além de estarem pensado em uma campanha de inverno, em que serão confeccionando roupinhas e camas de animais para vender.

Fabiana e Margarida se mostram muito animadas e realizadas com o projeto, ainda mais com os bons resultados que tiveram até agora, e ainda reforçam que seria muito interessante que cada bairro do município tive iniciativas assim.

“Gostaríamos de incentivar outros bairros a ter essa iniciativa. Assim, não teríamos animais abandonados, que são muitos, pois cada bairro cuidaria da castração, da vacinação e da saúde dos seus”, comentam.

É possível ver os artesanatos, fotos dos animaizinhos ajudados e acompanhar o projeto  através do Instagram.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo