Focos do mosquito Aedes aegypti aumentam 38% em Blumenau

Em Santa Catarina, mais de 9 mil focos do mosquito já foram encontrados por autoridades de saúde

Focos do mosquito Aedes aegypti aumentam 38% em Blumenau

Em Santa Catarina, mais de 9 mil focos do mosquito já foram encontrados por autoridades de saúde

Redação

Blumenau já registra 77 focos do Aedes aegypti neste ano. O número já supera em 38% a quantidade de focos coletados em todo o ano passado. Caso encontre criadouros do mosquito, o cidadão deve entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, pelo telefone 3381-7770, e informar o endereço e número de referência para a sua eliminação.

O município também dispõe de um site em que os blumenauenses podem identificar os profissionais que trabalham no combate ao mosquito.

9 mil focos em SC

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), anunciou 9.273 focos do mosquito Aedes aegypti que foram identificados este ano em 141 municípios catarinenses. O número é 32,3% maior do que o registrado em todo o ano de 2016, quando 7.009 focos haviam sido identificados em 139 municípios.

Diante do risco de epidemias das doenças transmitidas pelo mosquito (dengue, zika e chikungunya durante o Verão) estão sendo intensificadas as ações de prevenção e controle do Aedes aegypti em todo o Estado, especialmente nos 61 municípios considerados infestados pelo mosquito.

“O Aedes aegypti costuma aumentar sua circulação no Verão, em virtude da combinação da temperatura mais quente e chuvas. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada. Por isso, neste momento que antecede o período mais quente e úmido do ano, deve-se intensificar a eliminação de possíveis criadouros, impedindo o nascimento do mosquito e, como consequência, sua proliferação”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio