Forças Armadas devem sair das estradas nesta segunda-feira

O comunicado foi dado pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República

Forças Armadas devem sair das estradas nesta segunda-feira

O comunicado foi dado pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República

Agência Brasil

Termina nesta segunda-feira, dia 4, o uso das Forças Armadas nas rodovias do país. Após duas reuniões do governo ficou decidido que o prazo não será prorrogado, mas que as Forças Armadas seguirão acompanhando a retomada do abastecimento no Brasil após a paralisação dos caminhoneiros. O comunicado foi dado pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, Sérgio Etchegoyen.

Para liberar as rodovias e reabastecer o país com os produtos retidos nas estradas durante a paralisação dos caminhoneiros, Temer autorizou o emprego das Forças Armadas. Segundo o ministro, a avaliação que se tem hoje é que o abastecimento no país está “completamente normalizado”.

Nova manifestação

Etchegoyen disse ainda que o governo acompanha notícias nas redes sociais de convocação de uma nova manifestação dos caminhoneiros para esta segunda-feria, 4, mas que elas ainda não geram preocupações alarmantes:

“Há movimento na mídia e há acompanhamento nosso. Não temos nenhuma indicação de que isso mude atitude do governo e a nossa preocupação”.

O ministro disse ainda que as reuniões do Grupo de Acompanhamento de Normalização do Abastecimento, que reúne diversos ministros, entre outras autoridades, têm sido realizadas para acompanhar o andamento do acordo firmado com os caminhoneiros e o cumprimento de ambas as partes.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio