Funcionária perde dedo e empresa de Ascurra é interditada por irregularidades

Ministério Público do Trabalho registrou uma denúncia contra o estabelecimento

Funcionária perde dedo e empresa de Ascurra é interditada por irregularidades

Ministério Público do Trabalho registrou uma denúncia contra o estabelecimento

Redação

Uma empresa de Ascurra foi interditada pela Polícia Civil, Vigilância Sanitária e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador após um acidente de trabalho gerar uma denúncia no Ministério Público do Trabalho.

Os relatos informavam que os trabalhadores estavam trabalhando sem registro, sem equipamentos de segurança, em condições insalubres e sob “vigilância constante/coação” dos empregadores.

No dia 4 de junho uma funcionária, que não estava registrada, perdeu parte do dedo indicador da mão direita enquanto operava um maquinário. De acordo com a polícia, ela não recebeu treinamento e equipamento de proteção individual adequados.

Durante a vistoria desta quinta-feira, 7, na madeireira, localizada no bairro Estação, diversas irregularidades foram identificadas. Entre elas estavam a não apresentação dos laudos de saúde do trabalhador, não comprovação de treinamento dos operadores das máquinas, não comprovação do registro dos trabalhadores que estavam no turno e o desatendimento a diversas normas regulamentadoras.

Com as violações graves à saúde e segurança dos trabalhadores, uma medida cautelar interditou a empresa. A madeireira permanecerá fechada até até a regularização perante os órgãos competentes.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo