Funcionários do transporte coletivo de Blumenau farão paralisação nesta sexta-feira

Sindicato aderirá à greve geral contra a reforma da previdência

Funcionários do transporte coletivo de Blumenau farão paralisação nesta sexta-feira

Sindicato aderirá à greve geral contra a reforma da previdência

Redação

O Sindetranscol, sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e região participarão da greve nacional contra a reforma da previdência marcada para esta sexta-feira, 14. Entre 3h30 e 7h os ônibus não circularão.

Haverá um ato público às 10h na Praça do Teatro Carlos Gomes. O movimento critica a proposta do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Entre outras mudanças, ela cria uma idade mínima e extingue a aposentadoria por tempo de contribuição.

Para as mulheres, a idade mínima de aposentadoria será de 62 anos, e para homens, de 65. Além disso, beneficiários terão que contribuir por um mínimo de 20 anos e para ter direito a 100% do salário terão que contribuir por 40 anos.

O Benefício de Prestação Continuada, concedido aos mais pobres será reduzido de R$ 998 para R$ 400. Para os sindicatos, trabalhadores rurais e professores, principalmente mulheres, serão os mais afetados com aumento do tempo de trabalho e de contribuição.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo