Governo do estado tentará novamente redução do valor repassado aos poderes

Proposta foi derrubada na Assembleia Legislativa

Governo do estado tentará novamente redução do valor repassado aos poderes

Proposta foi derrubada na Assembleia Legislativa

Página 3

Apesar da derrota em votação na Assembleia, em que foi rejeitada sua proposta de reduzir o repasse de recursos aos poderes, o governo do estado afirma que mantém a posição de que é fundamental fazer a readequação do repasse do duodécimo e diz que abrirá novas frentes de diálogo com os poderes.

O objetivo, justifica, é ampliar os recursos em caixa para investir em saúde, educação, infraestrutura e segurança pública.

“O governo respeita a autonomia da Assembleia Legislativa, mas se mantém firme no propósito de rever o repasse do duodécimo. Precisamos voltar a falar sobre isso, encontrar uma forma de esses recursos retornarem aos cofres públicos para que possamos investir. Estamos firmes nesse propósito”, afirma o governador Carlos Moisés.

Na avaliação dele, todos os poderes precisam contribuir para que os catarinenses tenham um retorno maior sobre os impostos que pagam. O próximo passo na discussão é, conforme Moisés, como as sobras serão repassadas ao Executivo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo