Aeronaves Arcanjo serão pioneiras no uso de ultrassom no Brasil

Equipamentos vão permitir que médicos detectem problemas graves em pacientes atendidos por Samu e Bombeiros

Aeronaves Arcanjo serão pioneiras no uso de ultrassom no Brasil

Equipamentos vão permitir que médicos detectem problemas graves em pacientes atendidos por Samu e Bombeiros

Redação

O helicópteros Arcanjo, que operam numa parceria entre o Samu e o Corpo de Bombeiros em Santa Catarina, passam a contar com aparelhos portáteis de ultrassom. Os dois aparelhos foram adquiridos com recursos do Poder Judiciário. As equipes dos Arcanjos de Blumenau e Florianópolis serão as primeiras a operar este tipo de equipamento no Brasil em atendimento aeromédico.

O ultrassom é um equipamento usado no diagnóstico médico que usa a emissão de ondas em determinadas frequências visando formar uma imagem de órgãos e estruturas internas do corpo humano. Seu uso na emergência e nas enfermarias brasileiras ainda é pequeno, considerando que era um equipamento de grandes dimensões, de alto custo e que exigia um profissional especializado para a operação e interpretação do exame. Com o avanço das tecnologias foi possível ter aparelhos menores e mais baratos.

Na emergência o ultrassom pode ser usado para a detecção de hemorragia interna, de hemo e pneumotórax, de derrame pericárdico e para guiar o acesso venoso (periférico e central).

O objetivo do investimento é incrementar o suporte avançado à vida, prestado no serviço aeromédico especializado. Será possível identificar quadros ou lesões graves em pacientes atendidos pelas equipes, intervindo imediatamente quando possível. Quando não for possível a intervenção fora do ambiente hospitalar, ao chegar ao hospital as imagens do exame podem adiantar a preparação de equipes cirúrgicas.

 

Cada aparelho portátil de ultrassom custou R$15,5 mil. O treinamento dos nove médicos de Blumenau e oito de Florianópolis consumiu mais R$ 16.150, totalizando R$ 47.150 custeados com recursos de transações penais da Justiça, através da comarca de Timbó.

A capacitação será nas recém-inauguradas instalações do 13° Batalhão de Bombeiros Militar em Balneário Camboriú e tem duração de 1 dia. A equipe que ministrará a capacitação é de São Paulo e o curso é certificado pela Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Trauma.

Arcanjo

A parceria entre o Samu e o Corpo de Bombeiros completou oito anos no início de fevereiro. São duas bases em operação (Florianópolis e Blumenau) e quatro aeronaves (dois aviões e dois helicópteros). O serviço caminha para os 7 mil atendimentos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio