Homem é preso suspeito de agredir a companheira, no Água Verde

Outras três ocorrências de violência doméstica mobilizaram a Polícia Militar

Homem é preso suspeito de agredir a companheira, no Água Verde

Outras três ocorrências de violência doméstica mobilizaram a Polícia Militar

Redação

Um homem foi preso na madrugada desta segunda-feira, 30, suspeito de agredir a namorada, no bairro Água Verde. A vítima relatou que o namorado a agrediu com um soco na boca e chute nas pernas. De acordo com a Polícia Militar, a mulher apresentava lesões aparentes na boca.

Ela disse aos policiais que o homem estava trancado dentro da casa de uma prima. A guarnição foi até o local mencionado, momento em que o homem saiu da residência e informou que só falaria em juízo. Ele apresentava lesões leves no peito.

O homem foi preso por violência doméstica e lesão corporal leve e encaminhado à delegacia.

Durante este domingo, 29, outra ocorrência de violência doméstica no Água Verde mobilizou a Polícia Militar.

Era por volta das 12h20 quando a guarnição foi até o bairro, informada de que um homem estaria com uma faca no pescoço da companheira. No local, a vítima estava no meio da rua e informou que o homem havia fugido para um matagal.

Os policiais realizaram buscas mas não encontraram o suspeito. A vítima relatou que o companheiro a agrediu com socos no rosto, deixando o olho esquerdo dela roxo e a boca machucada.

Além disso, ela disse que ele teria quebrado três televisões na casa,  uma porta de vidro do hall de entrada e as janelas.

Os policiais ofereceram para levar a mulher e as filhas dela até um local seguro, mas ela recusou e informou que a vizinha a levaria até a casa de uma conhecida. A guarnição também a orientou a procurar uma delegacia para requerer uma medida protetiva.

Após as orientações, foram realizadas novas rondas mas o suspeito não foi encontrado.

Valparaíso e Salto

Por volta das 16h45 a Polícia Militar foi até o bairro Valparaíso informada de que haveria uma mulher sendo ameaçada pelo companheiro.

A mulher relatou que o companheiro a agrediu com socos e chutes na perna direita na parte da manhã e logo depois saiu com um carro Fox.

O irmão da vítima contou que o namorado da irmã veio buscá-la, mas ela não quis ir com ele. Então ele foi embora e ameaçou que iria voltar às 18h e matá-los.

Os policiais identificaram lesões na coxa e na perna da vítima e nenhum tipo de lesão no irmão dela. De acordo com a guarnição, o homem é suspeito de lesão corporal leve dolosa sob a lei Maria da Penha e ameaça. Ele não foi localizado.

Por volta das 20h20, a guarnição foi acionada para dar apoio ao Corpo de Bombeiros, no bairro Salto.

De acordo com as informações, havia uma mulher com possível fratura na perna direita e escoriações no joelho. Segundo o relato da mulher, o companheiro dela quem teria causado as lesões.

Ela disse que discutiu com o companheiro e que ele a empurrou da escada. Para os policiais, o homem disse que a esposa chegou em casa embriagada e por este motivo eles discutiram. Ainda relatou que ela teria jogado a televisão no chão e quando foi descer a escada, acabou caindo.

De acordo com a polícia, a mulher apresentava sinais de embriaguez com odor etílico e olhos vermelhos. O homem foi conduzido à delegacia e a mulher foi levada ao Hospital Santo Antônio.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo