João Pizzolatti vai arcar com despesas iniciais de família envolvida em acidente de trânsito

Devido aos traumas, Paulo deve ficar pelo menos cinco meses internado

João Pizzolatti vai arcar com despesas iniciais de família envolvida em acidente de trânsito

Devido aos traumas, Paulo deve ficar pelo menos cinco meses internado

Julia Schaefer

João Pizzolatti está arcando com os gastos iniciais da família de Paulo Marcelo Santos, de 23 anos, que teve parte do corpo queimado, além de fraturas, depois de acidente de trânsito envolvendo o ex deputado federal. Paulo deve passar por uma cirurgia no joelho ainda nesta semana, mas está fora de risco.

O advogado da vítima, Jony Nossol, afirmou que a família de Pizzolatti fez contato para auxiliar com os custos da mulher de Paulo, que está grávida.

“Passamos as despesas iniciais que ela teve, o que ela está precisando, e eles se comprometeram a fazer um depósito para começar a auxiliar na manutenção dela no hospital”, diz Jony.

O rapaz passará por mais uma cirurgia ainda nesta semana, dessa vez no joelho, pois uma nova fratura foi encontrada. A previsão dos médicos é de que ele passe pelo menos mais cinco meses internado.

“Ele precisa fazer enxerto, tem risco de ter alguma inflamação, rejeição. Os médicos não falam muito, mas sabemos que há um risco. O filho dele vai nascer e ele ainda estará internado. Isso se não aparecer mais nada, porque primeiro eles estão dando maior atenção às queimaduras”, desabafa Ted Willian Jacinto, tio da vítima.

O advogado Nossol disse que a família está aguardando a evolução da saúde de Paulo para então analisar a necessidade de entrar com um processo. As investigações por parte da Polícia Civil estão em recesso, voltando no dia 8 de janeiro. Até lá o caso ficará parado.

Leia também: Investigação do acidente envolvendo João Pizzolatti é interrompida até o dia 8 de janeiro.

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio