Lotação do presídio impede transferência de dono de construtora suspeito de aplicar golpes em Blumenau

Silvio Sandri foi preso em São José na tarde desta segunda-feira

Lotação do presídio impede transferência de dono de construtora suspeito de aplicar golpes em Blumenau

Silvio Sandri foi preso em São José na tarde desta segunda-feira

Alice Kienen

O dono de uma construtora suspeito de aplicar diversos golpes em Blumenau não poderá ser transferido para o Presídio Regional de Blumenau. O motivo é a lotação do espaço, que levou um homem com mandado de prisão a ser liberado pela Polícia Militar pela falta de vagas nas celas.

Silvio Sandri, proprietário da Concretize Construtora e Incorporadora, foi preso em São José, no litoral de Santa Catarina, na tarde desta segunda-feira, 9. Ele é acusado de aplicar diversos golpes na cidade, com estimativa de que tenha faturado cerca de R$ 11 milhões com as infrações.

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Juraci Darolt, Sandri deve responder pelos crimes de estelionato e organização criminosa. Ele será transferido para Blumenau quando a situação atual do Presídio Regional for normalizada.

Darolt afirma que deve ir para Florianópolis para interrogar o suspeito em mais dois inquéritos que tramitam na 2ª Delegacia de Polícia, já que não há previsão para transferência.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo