Metropolitano sofre pior goleada de sua história em Brusque

Placar humilhante de 6 a 1 piorou a situação do clube de Blumenau no Catarinense

Metropolitano sofre pior goleada de sua história em Brusque

Placar humilhante de 6 a 1 piorou a situação do clube de Blumenau no Catarinense

Redação

A noite de 20 de fevereiro de 2019 está marcada para sempre na história do Metropolitano. Ao sair do estádio Augusto Bauer derrotado por 6 a 1, nesta quarta-feira, 20, pelo Campeonato Catarinense, o time trouxe na bagagem para Blumenau a pior goleada de sua história. Mais um dado negativo em uma campanha de poucos momentos memoráveis.

Segundo Rafael Dallagnolo, torcedor e pesquisador da história do time, a derrota mais humilhante do Verdão até então havia sido um 6 a 3, em 2003, contra o São Bento.

Melhores momentos

O jogo

Até os 17 da primeira etapa, quando o atacante Jefferson Renan recebeu em velocidade, ganhou dos dois zagueiros do Metropolitano e tocou na saída do goleiro Igor Koehler, parecia apenas mais um clássico do Vale. Jogo disputado, truncado e chances de lado a lado.

Dali em diante, praticamente nada mais deu certo para o Metrô. Aos 22, em um contra-ataque, Maranhão fez o segundo. Aos 27, Douglas Silva, campeão da Série B pelo Metrô em 2018, subiu mais alto e ampliou.

Com 35 minutos, em escanteio no campo de ataque do Metropolitano, Guilherme Café ganhou no alto e, com a bola entrando, Douglas Silva, que acabara de fazer o gol a favor, tirou com a mão. Não deu outra: pênalti para o Metrô e Douglas Silva expulso. Na cobrança, Junior Pirambu guardou seu terceiro gol, em quatro jogos no campeonato.

Era a esperança de uma reviravolta no segundo tempo. Na volta do intervalo, o técnico do Metropolitano, Abel Ribeiro, pôs o meia Bruninho no lugar de Dudu. E foi o próprio Bruninho que entregou para o Brusque o quarto gol. Ele foi tirar uma bola de cabeça e acabou entregando para Isac fazer 4 a 1.

Sávio James Pereira/Esporte em Foco Blumenau

Nem parecia que o Brusque tinha um jogador a menos. A equipe administrava o jogo com tranquilidade, tocando a bola. Aos 17, o golaço da partida. Jefferson Renan recebeu um belo lançamento de Karl e encobriu o goleiro Igor.

Para fechar a conta, o atacante Weverton, que acabara de entrar, teve apenas o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes: Brusque 6×1. Na próxima rodada, o Metrô recebe o Avaí, às 17h, no estádio do Sesi.

*A cobertura do Catarinense 2019 é uma parceria entre O Município Blumenau e Esporte em Foco Blumenau. O patrocínio é de Vale Auto Shopping.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo