Ministério Público recebe mais de 200 denúncias contra concurso da Polícia Militar de Santa Catarina

Denúncias vão desde a correção das redações até detalhes técnicos

Ministério Público recebe mais de 200 denúncias contra concurso da Polícia Militar de Santa Catarina

Denúncias vão desde a correção das redações até detalhes técnicos

Cristóvão Vieira

Pouco mais de uma semana depois da publicação do gabarito da prova da Polícia Militar de Santa Catarina, mais de 200 denúncias foram protocoladas no Ministério Público (MP-SC). O Concurso de Formação de Soldados recebeu uma série de críticas e de questionamentos sobre a legitimidade das perguntas. A prova foi realizada no dia 11 de agosto.

As polêmicas começaram desde a divulgação dos resultados. O Instituto Carlos Augusto Bittencourt (INCAB), responsável pela organização do concurso, anulou cinco questões. Os erros apontados pelos participantes vão desde descumprimentos do edital até falhas nas redações.

Segundo denunciantes, alguns textos em que se atribuía que não havia título, na verdade havia. Há inclusive denúncias sobre pessoas que se ausentaram no dia da prova e, mesmo assim, receberam notas. Sobre as questões anuladas, há também a acusação de que alguns candidatos não receberam a compensação por isto.

Agora, o MP-SC analisará o teor das denúncias e deverá, nas próximas semanas, dar um posicionamento. Se verificar a possibilidade de irregularidades, a Promotoria pode, inclusive, abrir ação civil pública para investigar o concurso.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo