Morador de Blumenau lança livro de ficção em evento em São Paulo

Chuva de Diamantes é o primeiro romance de Gabriel Silva

Morador de Blumenau lança livro de ficção em evento em São Paulo

Chuva de Diamantes é o primeiro romance de Gabriel Silva

Redação

Um sonho de Gabriel Silva, morador de Blumenau, acabou virando um livro. Chuva de Diamantes, primeiro romance do jornalista, explora a ficção de temática extraterrestre de uma forma inovadora. A obra foi lançada oficialmente neste domingo, 8, na Festa Literária de São Paulo (FLISP).

Natural de Itajaí, Gabriel se mudou para Blumenau há dois anos e trabalha na comunicação do Hospital Santa Isabel. Porém, desde pequeno o jovem é fascinado pela temática alienígena. O nome do livro surgiu de uma manchete que ele leu na infância.

“Quando eu era criança vi uma notícia de que os cientistas espaciais viram que em determinado planeta chove diamantes por conta da pressão atmosférica e das condições dele”, conta.

Fernanda, a protagonista da obra, partilha do interesse do autor. Com sorte, ela recebe um extraterrestre em sua casa, chamado Vitor. A partir dessa amizade, ela começa a conhecer mais sobre o planeta de origem dele.

“Quando Vitor conta para ela como é a casa dele, ele fala que chove diamantes. Assim que escrevi isso sabia que precisaria ser o nome do livro. Mas apesar de falar sobre alienígenas e a destruição da Terra, é a história de um casal”, explica.

Uma das cenas do livro surgiu para Gabriel literalmente em um sonho. Ao acordar, ele escreveu sobre e foi construindo a história durante um período de dois anos. “Publicar um livro era um sonho desde pequeno, mas parecia muito fora da minha realidade”, comemora.

Diego Schaefer

O livro foi indicado ao prêmio literário Coerência Choice Awards, que premia os escritores do grupo editorial. Apesar de não ter entrado entre os finalistas, Gabriel comemora ter participado mesmo tendo lançado a obra meses após os concorrentes.

“Esperei quase sete anos por essa conquista. É a realização de um sonho ver esse trabalho publicado. Mantenho meus pés no chão, continuo meu trabalho jornalístico e espero que as pessoas tenham acesso à literatura, especialmente a nacional”, defende.

O jovem já trabalha na próxima ficção. A realidade futurista traz uma crítica ao comportamento humano. “Se hoje em dia já temos problema de relacionamento, como será daqui cem anos? Qual nosso futuro nessa vida virtual?”, questiona.

Para quem quiser conferir a história, é possível comprar o Chuva de Diamantes na Livraria Blulivro, que tem endereços na rua XV de Novembro e no Shopping Park Europeu. Gabriel também vende exemplares autografados em seu Instagram.

“Eu brinco que não escrevi o livro sozinho, porque os personagens tomaram seus próprios caminhos. Assim como me surpreendi com o rumo que a história tomou, espero que as pessoas se surpreendam”, instiga o autor.


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo